COOPER GAY ANUNCIA AQUISIÇÃO DA NMB

0
217

O Grupo Cooper Gay Swett & Crawford (CGSC) anunciou a incorporação da operação mundial de seguros e resseguros do grupo Newman Martin e Buchan (NMB). A aquisição faz da Cooper Gay uma força cada vez mais poderosa no Lloyds de Londres. “Com essa incorporação’ nos tornamos o maior broker de resseguros independente de Energy em Londres e um dos principais no mundo.”’ afirma o CEO do grupo CGSC no Brasil’ Fabio Basilone.

No Brasil’ esse negócio também terá reflexos importantes. Principalmente pelo fato dessa incorporação ter sido a terceira grande aquisição feita no país nos últimos três anos’ consolidando o crescimento do Grupo no mercado brasileiro. 

A NMB possui forte presença no Brasil’ com operação de resseguros no Rio de Janeiro e em São Paulo’ atuando em praticamente todos os segmentos. “A expectativa é a de um crescimento de 20% dos nossos negócios no mercado brasileiro”’ acrescenta Fabio Basilone’ que destaca ainda o fato de a NMB ser reconhecida mundialmente por sua atuação nas áreas de Marine e Petróleo offshore. 

Para Fabio Basilone’ a sinergia que surgirá dessa incorporação permitirá um avanço relevante com a conquista de novos grandes clientes no Brasil. 

Além disso’ a equipe ganhará um reforço importante: o responsável pela operação da NMB no Brasil’ Carlos Reis’ que assume o posto de diretor Comercial da holding brasileira’ contribuindo para o crescimento da Cooper Gay – Corretora de Resseguros e da Swett & Crawford – Consultoria em Seguros. Segundo Basilone’ o conhecimento de mercado e a experiência desse “reforço” aumentam muito o potencial técnico e operacional do grupo. Esse ganho será ainda mais expressivo na área de petróleo. 

 

REIS. Com uma carreira sólida no mercado’ Carlos Reis atua há quase 20 anos no segmento de seguros e resseguros. 

Foi responsável pelo “Canal do Corretor” no Unibanco AIG’ o que será de grande importância para a solidificação da Swett & Crawford no Brasil que atua diretamente com os corretores de seguros.

Otimista com o cenário que se desenha’ Carlos Reis lembra que’ no resseguro’ a NMB possui amplo conhecimento na área de Petróleo Offshore. “Unindo as competências técnica e operacional’ seremos um forte player no mercado brasileiro”’ comenta.

Reis se diz “muito animado” com a divulgação do consórcio do Campo de Libra’ primeiro leilão do pré-sal’ que vai demandar investimentos pesados em infraestrutura e com isso’ oportunidades para o resseguro. Ele revela que uma das empresas do consórcio vencedor possui um forte relacionamento com a NMB mundial. 

Carlos Reis revela ainda que’ visando às necessidades dos mercados de petróleo e gás’ foi desenvolvida uma plataforma de Energy com forte network e envolvimento dos principais resseguradores no segmento.  “Em breve’ iniciaremos um road show para divulgar nossos serviços nesse segmento. A Cooper Gay será uma opção muito forte neste mercado.”’ assegura o executivo. 

 

PRADO. O diretor executivo da Cooper Gay’ Fernando Prado’ também comemora a nova aquisição. Ele explica que’ com a diminuição das contas de facultativos’ a redução dos players tornou-se uma tendência neste mercado’ e o crescimento do grupo no Brasil vai continuar. “Estamos em constante busca por novas oportunidades de aquisições”’ frisa. 

Ele lembra que’ atualmente’ a Cooper Gay conta com grandes contas de Energy’ tanto na área de contratos como em facultativos. A entrada da NMB reforça esse expertise e network’ reconhecidos mundialmente. 

Para Fernando Prado’ a chegada de Carlos Reis no grupo completa “nosso time de profissionais com ampla experiência no mercado de Energy”. Além do próprio Prado’ que durante seis anos foi responsável por grandes contas nesse segmento’ a equipe conta ainda com Daniel Menezes’ gerente de Energy da Swett & Crawford’ que possui mais de 35 anos de atuação no segmento de seguros voltados para a área de petróleo. “O Carlos Reis é um profissional reconhecido no mercado e a sua atuação na holding será muito positiva para as empresas do Grupo no Brasil. Esse será um momento que marcará a consolidação da sinergia nos projetos de canal de distribuição de seguros e a colocação do resseguro nas operações da Cooper Gay e da Swett & Crawford’ todos com produção e tomada de decisão local”’ acrescenta Fernando Prado.   

Ele diz ainda que a intenção’ agora’ é direcionar o foco no mercado brasileiro de empresas offshore’ aproveitando essa grande expertise em cobertura de riscos de estaleiro’ operador portuário’ entre outros.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.