INADIMPLÊNCIA DAS EMPRESAS RECUA 7’4% EM SETEMBRO

0
184

A inadimplência das pessoas jurídicas caiu 7’4% em setembro’ na comparação com agosto’ conforme revela o Indicador Serasa Experian de Inadimplência das Empresas. Na comparação entre setembro deste ano e igual mês do ano anterior’ porém’ a inadimplência nos negócios seguiu caminho inverso’ apresentando uma alta de 1’2%. Na comparação entre os acumulados de janeiro a setembro de 2013/2012′ por sua vez’ a elevação foi de 1’4%.

Para os economistas da Serasa Experian’ a redução da inadimplência das empresas decorre da atual tendência de queda da inadimplência dos consumidores’ apesar do encarecimento do custo financeiro determinado pela elevação da taxa Selic. De fato’ com o recuo da inadimplência dos consumidores’ o fluxo de caixa das empresas tem suas perdas reduzidas’ favorecendo a pontualidade de pagamentos e o não inadimplemento por parte das empresas.

 

Valor médio das dívidas

Nos primeiros nove meses do ano’ as dívidas não bancárias (cartões de crédito’ financeiras’ lojas em geral e prestadoras de serviços como telefonia e fornecimento de energia elétrica e água) tiveram um valor médio de R$ 808’85’ o que representou um crescimento de 6’1% ante igual período de 2012.

As dívidas com bancos’ por sua vez’ tiveram nos nove primeiros meses de 2013 um valor médio de R$ 5.069’85’ resultando em 3’9% de queda na relação com o acumulado de janeiro a setembro do ano anterior. 

Quanto aos títulos protestados’ o valor médio verificado de janeiro a setembro foi de R$ 2.052’93’ com aumento de 5’0% sobre igual acumulado de 2012. 

Por fim’ os cheques sem fundos tiveram’ nos nove primeiros meses de 2013′ um valor médio de R$ 2.448’68’ representando um aumento de 8’5% quando comparado com os nove primeiros meses do ano anterior.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.