MORTES NO TRÂNSITO: UMA A CADA 11 MINUTOS

0
222

A cada 11 minutos e 18 segundos uma vida está sendo perdida no trânsito brasileiro em 2013. Essa é a projeção do nosso Instituto Avante Brasil’ com base nos números já consolidados pelo Datasus (Ministério da Saúde) até 2011. Somente no ano de 2011′ foram 43.256 óbitos no trânsito’ o equivalente a 118 pessoas por dia. Nos últimos 32 anos (1980/2011 – dados já consolidados)’ o número de mortes cresceu 117%’ atingindo um aumento médio de 2’75% no número absoluto de mortes ao ano. Só nos últimos onze anos (2001/2011)’ o crescimento foi de 41’7%’ ou seja’ uma taxa média anual de 3’78%. Utilizando-se essa taxa média anual de crescimento no número de mortes no trânsito na última década (2001/2011)’ de 3’78%’ que é mais próxima à atual realidade socioeconômica brasileira’ o Instituto Avante Brasil fez sua projeção’ estimando o total de mortes para os próximos anos’ cálculo que realizou até o ano de 2060.

Baseado na estimativa mais atual’ se todas as condições (fatores) da tragédia continuarem presentes’ sem sofrer variações consideráveis’ teremos o seguinte resultado referente ao ano de 2013: ocorrência de 46.588 mortes’ o equivalente a 3.882 mortes por mês’ 127 mortes por dia’ 5 mortes por hora ou 1 morte a cada 11 minutos e 18 segundos (ou 678.000 milisegundos).

Diante de tais estimativas’ que muito provavelmente se mostrarão corretas (ou até otimistas)’ somando-se o número de mortes no trânsito ano a ano’ desde 1980 até 2013 (número estimado)’ já teremos ultrapassado 1 milhão de mortes no trânsito no país (mais especificamente 1.068.754 mortes). Se todos esses números continuassem crescendo dessa maneira (isso com certeza não vai acontecer’ porque chegará o momento de conter a tragédia)’ até 2060 (quando perderiam a vida 266.483 pessoas)’ terão morrido 7.105.576 pessoas no trânsito brasileiro.

 

LUIZ FLÁVIO GOMES’ jurista e coeditor do portal atualidades do direito.com.br.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.