RECEITA DA SULAMÉRICA CRESCE 15% NO TRIMESTRE E ALCANÇA R$ 2’9 BILHÕES

0
279

 

A Sul América S.A. (BM&FBovespa: SULA11)’ terceira maior operadora de saúde do país’ encerrou o primeiro trimestre deste ano com receita de R$ 2’9 bilhões em prêmios’ montante 15% superior ao do mesmo período de 2012. Entre os destaques do trimestre estão o forte desempenho em prêmios dos segmentos de Saúde e Odontologia e Automóveis’ que obtiveram’ respectivamente’ receitas 13’7% e 28’7% superiores em relação às registradas no mesmo período do ano passado. 

Embora a receita de prêmios tenha apresentado crescimento significativo’ o resultado da companhia foi impactado’ entre outros fatores’ pelo aumento dos custos e da sinistralidade em Saúde’  que ficou em 85’6%’ em decorrência do aumento da procura por serviços médicos observada por todo o setor de saúde suplementar nesta época do ano; e pela retração do resultado financeiro’ 32’1% menor do que o alcançado no primeiro trimestre de 2012. O lucro líquido foi de R$ 23’6 milhões e o índice combinado’ 102’6%. 

“O resultado do trimestre reflete as adversidades que impactam diretamente nosso negócio. Em contrapartida’ o desempenho do segmento de automóveis é uma resposta à trajetória de maximização da rentabilidade da carteira’ que vem sendo perseguida desde o início de 2012′ dinâmica que também prevalecerá para todos os outros segmentos”’ afirma o presidente da companhia’ Gabriel Portella.  

Em Pessoas’ a receita de prêmios apresentou retração de 13’8% em relação ao primeiro trimestre de 2012′ devido à reavaliação e não renovação de contratos que vinham apresentando rentabilidade abaixo da esperada pela companhia. Já as contribuições de Previdência Privada aumentaram 28’1%. O resultado desta carteira superou o do primeiro trimestre de 2012 em 90’7%’ reflexo dos esforços de venda da rede de corretores e do cross-selling com os produtos da SulAmérica investimentos.

Em Ramos Elementares’ a receita superou em 3’3% a do primeiro trimestre de 2012′ em linha com o crescimento que o segmento apresentou no decorrer do ano passado.

O segmento de Gestão de Ativos deu sequência a sua trajetória de crescimento e apresentou elevação em receitas com taxas de administração (31%) e de performance (86’7%)’ resultando em incremento de 33% no resultado de atividade financeira’ tomando como base o mesmo período de 2012. 

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.