SINCOR-DF CONVOCA CATEGORIA PARA DOIS GRANDES EVENTOS NA CÂMARA DOS DEPUTADOS

0
158

A diretoria do SINCOR-DF convoca todos os corretores de seguros do Distrito Federal e demais profissionais e executivos do setor para comparecerem a dois grandes eventos que serão realizados na Câmara dos Deputados na próxima quarta-feira’ dia 10 de outubro. O primeiro evento será o Seminário Nacional para Debater as Alterações do Estatuto da Microempresa (Lei do Super Simples)’ que terá início às 9 horas’ no auditório Nereu Ramos (Anexo II da Câmara dos Deputados).

Esse Seminário é organizado pela Comissão Especial destinada a dar um parecer ao Projeto de Lei Complementar nº 237/2012′ que altera o Estatuto da Microempresa. A Comissão é presidida pelo deputado Armando Vergilio’ presidente da Fenacor.

Estará presente o ministro Chefe da Secretaria da Micro e Pequena Empresa’ Guilherme Afif Domingos’ que participará de um amplo debate com especialistas e interessados na temática. O objetivo é colher subsídios visando ao aprimoramento do texto em tramitação na Câmara dos Deputados.

Para o presidente do SINCOR-DF’ Dorival Alves de Sousa’ o governo interpreta de forma equivocada o enquadramento dos corretores de seguros como entidades financeiras e’ desta forma’ prejudica o direito de serem contemplados com os benefícios do SuperSimples’ fato este já interpretado e julgado pelo Superior Tribunal de Justiça – STJ. “Os corretores de seguros devem ser incluídos no Simples Nacional”’ conclui Dorival.

O regime tributário das micro e pequenas empresas brasileiras segue normas do Estatuto da Microempresa (Lei do Simples Nacional). Projeto de Lei Complementar (PLC 237/2012)’ em tramitação na Câmara dos Deputados’  que sugere adequações no texto. Entre elas’ a inclusão de novas categorias de profissionais’ como os corretores de seguros.

Por isso’ é tão importante a participação de todos os corretores de seguros neste debate”’ comenta Francisco Parente’ vice-presidente do SINCOR-DF’ lembrando que’ por duas vezes o projeto de inclusão dos corretores de seguros no Simples foi vetado pelo Executivo.

A diferença’ argumenta Francisco Parente’ é que a Lei Complementar 237/12’em análise por Comissão presidida pelo deputado federal e presidente da Fenacor’ Armando Vergílio’ estende os incentivos fiscais concedidos pelo Simples Nacional a outras categorias e às empresas que faturam até R$ 3’6 milhões/ano. “Isso nivela e democratiza o acesso das demais categorias e empresas ao Sistema Simples’ aumentando as nossas chances de obter uma vitória’ porque a Lei passa a ser de interesse de uma grande massa de trabalhadores e empresários”’ observa.

Logo em seguida’ às 10 horas’ será realizada a Sessão Solene em Homenagem aos Corretores de Seguros’ no Plenário Ulysses Guimarães da Câmara dos Deputados.

 

Portal Segs

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.