Capitalização ultrapassa R$ 22,1 bilhões em arrecadação

0
328

Levantamento realizado pela Federação Nacional de Capitalização (FenaCap) mostra que o segmento permanece fortalecido, com crescimentos robustos nas principais modalidades comercializadas de janeiro a setembro de 2023. Neste período, o segmento totalizou R$ 22,1 bilhões em arrecadação, representando crescimento de 5,2% se comparado aos nove primeiros meses do ano passado. Em resgates e sorteios, foram pagos R$ 18 bilhões à sociedade, evolução de 9,7% no período.

“O segmento vive um momento histórico, com novas possibilidades de negócios e inovações, que permitem oferecer um produto cada vez mais alinhado a diversos perfis de consumidores. Em 2023, nosso faturamento deve chegar a R$ 30 bilhões, apresentando 6% de crescimento, em relação a 2022. Dentre resgates e sorteios, nossa perspectiva é chegar a R$ 25 bilhões, o que contribui diretamente com o desenvolvimento da economia do país”, comenta Denis Morais, presidente da FenaCap.

Dentre as modalidades, ainda de janeiro a setembro, a Tradicional permanece com o maior faturamento, totalizando R$ 16,3 bilhões. “A Tradicional está consolidada em todas as regiões do país, com liderança constante em arrecadação, o que pode estar atrelado ao tempo de existência e formas de comercialização diversificadas. Com a aproximação das festas de fim de ano, acreditamos que a modalidade Incentivo também terá um crescimento importante, pois viabiliza inúmeras campanhas de Natal em shoppings e estabelecimentos comerciais”, ressalta o presidente. A modalidade Filantropia Premiável permanece em crescimento, com R$ 1,1 bilhão doados ao terceiro setor no período.

O Sudeste continua com a maior participação dentre as regiões do país (56,3%), seguido pelo Sul (18,9%), Nordeste (11,3%) e Centro-Oeste (9,0%). Mesmo com uma participação de apenas 4,5%, em comparação às demais localidades, a região Norte também apresentou um bom desempenho, totalizando R$ 99 milhões em arrecação no acumulado do ano até setembro.

Confira a arrecadação total, de janeiro a setembro, por região:

•            Sudeste – R$ 12,45 bilhões

•            Sul – R$ 4,19 bilhões

•            Nordeste – R$ 2,50 bilhões

•            Centro-Oeste – R$ 1,98 bilhão

•            Norte – R$ 99 milhões

 Brasilcap sorteia prêmio especial Ourocap, que pode chegar a R$ 25 milhões

O maior prêmio da capitalização brasileira pode ser sorteado já na próxima semana. Além do prêmio, que pode chegar a R$ 25 milhões, a Brasilcap, empresa líder no mercado brasileiro de capitalização também programou outros sorteios especiais, previstos para os produtos de pagamento mensal de 36, 48 e 60 meses.

A Companhia da BB Seguros distribuiu, ao longo dos nove meses de 2023, R$ 48,2 milhões em prêmios, crescimento de 10% em relação a igual período do ano anterior. O montante equivale a uma média de R$ 177,2 mil pagos por dia de janeiro a setembro de 2023, que contemplou 287 mil títulos.

“A capitalização é uma grande facilitadora na realização de planos e sonhos, pois ao estimular a disciplina financeira, revela também o seu poder de transformação na vida dos brasileiros”, afirma Nelson de Souza, presidente da Brasilcap.

A Brasilcap já detém o recorde de maior prêmio individual da história da capitalização, quando sorteou, em 2016, R$ 20 milhões para um cliente do município de Inhapim, interior de Minas Gerais.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.