Clube da Bolinha do Rio de Janeiro comemora 70 anos

0
237

Ao abrir a celebração o reitor Anselmo Abrantes Fortuna disse que “É uma alegria ver o salão cheio de amigos neste evento, de muitos desafios, organizado em tempo recorde, graças ao apoio dos Bolinhas e dos nossos patrociandores: Capemisa Seguradora, Capemisa Capitalização, Delphos, MAG, Porto Seguro, Azul, Tokio Marine, HDI e SulAmérica. Uma instituição que completa 70 anos, com certeza, já enfrentou a morte e sobreviveu, graças ao bom trabalho realizado, a perseverança, determinação e fé de seus sócios. Não há crise que resista ao bom trabalho, essa comemoração significa que os nossos companheiros do passado foram gloriosos”, registrou, acrescentando:

“Administramos o Clube democraticamente, prevalecendo sempre o desejo da maioria, sem desviar da tradição e conduzindo os assuntos de forma equilibrada e respeitosa. Tudo para que possamos manter a tradição de amizade, solidariedade e união de todos os Bolinhas”.

Três presidentes dos patrocinadores estiveram presentes e deixaram suas mensagens sobre o Clube e os confrades.

Jorge Andrade, presidente da Capemisa Seguradora, que conta com quatro confrades associados ao Bolinha, destacou a importância do Clube da Bolinha do Rio de Janeiro afirmando que “a nossa seguradora tem 63 anos e estar junto ao Clube da Bolinha, com 70 anos de idade, promove união e aproximação dos integrantes de um mercado crescente”.

Márcio Coutinho Teixeira de Carvalho, presidente da Capemisa Capitalização, que integra a confraria, destacou que “o Clube da Bolinha é um ambiente fraterno, descontraído e acolhedor. Ter a oportunidade de vivenciar a celebração do seu aniversário de 70 anos com amigos que tão bem representam o mercado de seguros, previdência e capitalização é uma honra que afaga os corações de todos nós da Capemisa, Seguradora e Capitalização, que participamos desse momento histórico”.

A presidente da Delphos, Elisabete Prado, revelou que “a Delphos tem uma relação com o Clube da Bolinha iniciada pelos fundadores, Péon de Sá e Jayme Menezes, há 56 anos. Quando houve a sucessão e a presidência passou para o Eduardo Menezes, ele deu continuidade a esse relacionamento. Em 2021, Eduardo saiu e eu fui convidada a assumir. Recentemente, ao ser procurada pelo Reitor do Clube, Anselmo Abrantes Fortuna, que falou sobre essa comemoração tão significativa e importante para a história do mercado, a Delphos não poderia deixar de participar”, contou Elisabete Prado.

Personalidades das seguradoras que atuam no Estado do Rio, prestadoras de serviços e entidades de representação do mercado, prestigiaram o evento, tais como: CNseg; Fenseg; Fenaprevi; Sindseg-RJ, CCS-RJ, entre outras.

Os diretores do Bolinha, Jorge Carvalho e Gilberto Vlillela, além do decano do Clube, Nilo Moraes, e o anfitrião do Leme Tênis Clube, que também é Bolinha, José Luiz Florippes Lima, se dirigiram aos presentes com mensagens de agradecimento e confraternização. Os membros da confraria e convidados receberam um folder com a história do Clube da Bolinha e ouviram a execução do Hino Nacional Brasileiro.

DELPHOS

Com a proximidade do final do ano, a presidente da Delphos, Elisabete Prado, comentou, na ocasião, sobre os resultados. “A empresa teve grandes aprendizados no período da pandemia. Sofremos como toda a sociedade, mas crescemos no lado humano, e procuramos proporcionar mais qualidade de vida aos nossos colaboradores como, por exemplo, adotando o trabalho híbrido. Também nos aproximamos ainda mais das seguradoras com as nossas soluções tecnológicas, como é o caso do sistema para apoio as subscrições de risco, e da ferramenta para vistorias remotas, que dispensa os deslocamentos do vistoriador. Com esses e outros avanços, posso dizer que estamos tendo um 2023 formidável. Em relação a 2022, devemos crescer aproximadamente 14%. Com a economia do país estagnada em vários segmentos, e um IPCA acumulado de 3,8% nos últimos 12 meses, esse é um resultado muito positivo”, declara Elisabete Prado em seu terceiro ano na presidência.

Para 2024 adianta que a empresa terá novidades. “Estamos sempre atentos às necessidades do mercado de seguros. Temos um ERP que está ganhando uma outra roupagem e passando por significativos ajustes para ficar sob medida para os entrantes, sejam seguradoras, sejam as novas startups”, finaliza.

Sobre o Clube da Bolinha do Rio de Janeiro |

É uma confraria criada por membros do mercado segurador que se reúne mensalmente para trocar ideias, estreitar o networking e ter um momento de lazer. O Clube da Bolinha do Rio de Janeiro tem uma característica: não se tem notícia de um grupo de profissionais, que para preservar a memória setorial, reúne personalidades experientes há sete décadas. Estão no comando da atual gestão: Anselmo de Abrantes Fortuna, (reitor); Jorge Carvalho (secretário) e Gilberto Villela, (tesoureiro).

Foto – Da esquerda para direita: os confrades Fábio Lessa, diretor comercial da Capemisa Seguradora, e Márcio Coutinho Teixeira de Carvalho, presidente da Capemisa Capitalização; Gilberto Villela, diretor tesoureiro do Clube da Bolinha-RJ; Jorge Andrade, presidente da Capemisa Seguradora; Jorge Carvalho, diretor secretário do Clube da Bolinha-RJ e Anselmo Abrantes Fortuna, reitor do Clube da Bolinha-RJ Foto: Dalvino Santino

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.