Crescimento do mercado de consórcios de veículos leves

0
283

O mercado de consórcio de veículos leves no Brasil está em crescimento constante, e de acordo com dados da ABAC (Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios), de janeiro a julho, os negócios gerados nesse segmento atingiram mais de R$ 57 bilhões, um aumento significativo de 28,3% em relação ao mesmo período de 2022. Além disso, este setor respondeu por 39,6% de todo o sistema de consórcio nos primeiros sete meses do ano.

Neste contexto, também é importante destacar o perfil dos consorciados de veículos leves, que em sua maioria (75,6%), segundo uma Pesquisa Setorial realizada pela associação, realizada em maio de 2023, é composta por pessoas físicas. Ainda de acordo com o levantamento, no que se refere aos tipos de veículos adquiridos, 41,3% eram seminovos, 37,2% novos e 21,5% outros.

Mais números positivos

O desempenho recorde do setor também pode ser verificado pela Ademicon,  administradora independente de consórcio do Brasil em créditos ativos. De janeiro a julho deste ano, a companhia comercializou mais de R$ 1,15 bilhão em créditos no segmento de veículos, um aumento notável de 69% em relação ao ano anterior, que encerrou o mesmo período com R$ 679 milhões.

“No que se refere a vendas, o segmento de veículos é o mais positivo dentro da Ademicon, apresentando um resultado 60% maior que o esperado para os sete primeiros meses deste ano, em relação ao mesmo período do ano anterior”, explica Demerson Vieira, gerente Comercial de Consórcio de Veículos da Ademicon.

Cases de sucesso

Kim Vinícius, farmacêutico de 27 anos, de Curitiba (PR), adquiriu um consórcio para a compra de seu segundo veículo. Ele optou pela modalidade como uma maneira inteligente de realizar esse objetivo, permitindo-lhe programar a compra do veículo de acordo com suas necessidades e capacidade financeira. Já Letícia também de Curitiba (PR), investiu aos 19 anos, em um consórcio possível a aquisição de um veículo. “Consegui comprar meu primeiro veículo aos 21 anos a partir da modalidade e estou muito satisfeita”, comenta.

Outro exemplo de sucesso é o de Viviane Basilio, 45 anos, de São Paulo, adquiriu uma cota de veículo e após seis meses arrematou a carta de crédito, comprando um carro à vista. “Quando decidi investir em um consórcio, fiquei impressionada com a praticidade e a flexibilidade. Com o valor em mãos, pude finalmente realizar meu sonho”, explica.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.