Delphos: expertise no atendimento ao mercado de seguros por mais de cinco décadas

0
504

Durante a pandemia, a aproximação da Delphos para dar apoio às seguradoras do segmento Vida foi fundamental para que algumas empresas dessem conta do volume gigantesco das regulações de sinistros, que se multiplicaram no período

Hoje, o potencial da Delphos contabilizado em números é extraordinário: a empresa processa quase R$ 1 bilhão em prêmios de seguros em nome das seguradoras; regulou quase sete mil processos de sinistros em 2021, e nesses 8 meses de 2022 já bateu a marca de 5.500 processos regulados, “com capacidade funcional e tecnológica para absorver, de forma imediata, novos volumes e ampliar o rol de clientes contratantes”, comemora a presidente da empresa, Elisabete Prado (foto), acrescentando:  

“Felizmente a Delphos não foi economicamente atingida pelos efeitos da pandemia. Do ponto de vista de negócios, foi ao contrário: tivemos alguns projetos que foram desenvolvidos justamente nos anos de 2020 e 2021, uma vez que a demasiada elevação no índice de sinistralidade fez com que algumas seguradoras avaliassem a terceirização do transbordo dos processos de sinistros até que a situação voltasse à normalidade, sem que precisassem ampliar o seu headcount”.     

Para o quarto trimestre de 2022, o clima na empresa é de otimismo. A expectativa da líder da Delphos é que “o time irá conseguir cumprir as metas estabelecidas pelos acionistas e gerar um EBITDA superior aos dois anos anteriores”.

Histórico – A Delphos foi fundada em 1967, época em que as seguradoras praticamente não se utilizavam dos serviços de terceiros. Nesse sentido a empresa foi desbravadora, e abriu o mercado para inúmeras companhias que foram se beneficiando com a abertura desse nicho. “Temos hoje mais de 70 funcionários, sem contar as pessoas ligadas às empresas que fazem parte de nossa rede, como por exemplo médicos e engenheiros, fundamentais para os nossos trabalhos de regulação de sinistros de morte/invalidez e danos físicos aos imóveis”, explica Elisabete Prado.

A empresa nasceu para prestar serviço de administração e gestão de carteiras dos ramos agrícola e habitacional. Ao longo dos seus mais de 55 anos de vida, muitas frentes foram abertas e inúmeros outros serviços foram sendo criados. Mas, o principal foco continua sendo o BPO voltado ao habitacional e seus derivados, que sempre acompanharam as mudanças e tendências de mercado, para não enfrentar o risco da obsolescência. Em segundo lugar estão os serviços de tecnologia, seja com a oferta de sistemas desenvolvidos para consumo interno, mas que podem ser comercializados para uso independente, seja com software, como serviço (Saas), ou projetos sob medida.    

Clientes – Atualmente, a Delphos presta serviços em diferentes áreas para muitas seguradoras, sendo as principais: Aliança da Bahia, Allianz, Assurant, Brasilseg, Caixa Residencial, CNP, CNP Consórcio, HDI, Icatu, Itau, Mapfre, Sompo, Tokio Marine, TOO, Rio Grande e Zurich Santander.

A Delphos já teve mais de 30 sucursais atuando no país, com presença física em todas as capitais e em várias localidades economicamente fortes. “No entanto, com o avanço da tecnologia no mundo, essa infraestrutura se tornou desnecessária e onerosa”, pontua a presidente. Hoje, possui uma grande estrutura no Rio de Janeiro, onde funciona a sede da empresa, e outra instalação em São Paulo, onde está a área de negócios.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.