Live da CâmaraSIN incentiva mediação para resolução de conflitos

0
132

 “Nossa missão com a mediação e a conciliação é levar essa ideia adiante, incentivando todo o setor de seguros a utilizar tais métodos para a solução de conflitos”, comentou o presidente do Sincor-SP, Boris Ber, durante a live realizada pela CâmaraSIN em 28/06, pelo canal da TV Sincor-SP, no YouTube.

Na ocasião, o advogado e especialista Antonio Penteado Mendonça apresentou a palestra “Vantagens da Mediação Privada para Solução de Conflitos”. “A mediação leva a um acordo justo para as partes em conflito e atende aos anseios”, explicou.

“A mediação é um processo mais objetivo, simples e fácil de ser executado. Não entendo por que as seguradoras não gostavam de mediação. No entanto, isso está mudando e vai trazer uma credibilidade imensa para o mercado”, completou o especialista, afirmando que a CâmaraSIN não resolve apenas os conflitos do setor de seguros.

Para o presidente da CâmaraSIN, Adevaldo Calegari, este é um momento oportuno para desenvolver a tarefa que é ajudar a desafogar o judiciário brasileiro. “Olhando todo esse cenário, nós entendemos que o corretor de seguros é perfeito para o papel da mediação e conciliação, já que tem a tarefa de interpretar as necessidades e intervir nos conflitos de seus clientes.”

A coordenadora jurídica da CâmaraSIN, Vivien Lys, lembrou que a mediação traz muitos benefícios à sociedade, já que trabalha para que as partes estejam satisfeitas na resolução do conflito. “Nosso índice de satisfação nos acordos celebrados tem atingido a marca de 80%, nos últimos 12 meses. É um sucesso para todos os envolvidos”. Vivien ainda destacou que a CâmaraSIN está amparada pela tecnologia e pela confidencialidade. “Além de disponibilizar nosso espaço físico, também trabalhamos com a mediação on-line, com a segurança da LGPD e o suporte tecnológico necessário para atender.”

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.