Mercado de construção está favorável para os seguros de Riscos de Engenharia

0
173

Apesar do recente anúncio da retração da economia, confirmando que o país está em recessão técnica, o setor de construção civil segue aquecido. Segundo projeção da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), feita em 13 de dezembro do ano passado, o segmento deve registrar crescimento consolidado de 7,6% em 2021. A entidade estima que em 2022 a evolução será de 2%, caso a economia do país tenha alta entre 0,5% e 1%.

Os números são uma oportunidade para o corretor parceiro da Zurich de olho no mercado de seguro de riscos de engenharia. A razão é que a plataforma online de Riscos de Engenharia da Zurich, o Zurich Construção, acaba de liberar uma nova funcionalidade. Trata-se da cobertura de Responsabilidade Civil (RC) contratada para reformas em residências ou pequenos estabelecimentos comerciais, cujo limite pode ser de até 5 vezes o valor da obra, limitado a R$ 2 milhões.

“Com essa nova funcionalidade, a ferramenta está cada vez mais apta a atender às necessidades do mercado. Agora, pequenas reformas, que tem um ticket médio relativamente mais baixo, mas valores de risco de RC altos, podem contar com uma cobertura de Responsabilidade Civil acessível, em uma única apólice”, comenta o Superintendente de Linhas de Engenharia da Zurich, Fabio Silva (foto).

O Zurich Construção está disponível dentro do Portal de Riscos de Engenharia da seguradora, foi lançado há poucos meses e possibilita a realização de 15 tipos de cotações (das quais 14 são de construção e um de reforma), além de emissões de certificados e boletos. Seu principal diferencial está no fato de permitir aos corretores cotarem, de forma simples e ágil, os mais diversos tipos de riscos – não se limitando apenas aos de construções verticais, ou ‘Grupo I’, como é conhecido no mercado.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.