Mercado ressegurador brasileiro movimenta R$ 16 bilhões

0
86

O volume do mercado brasileiro de resseguros cresceu 26,4% no período acumulado de 12 meses até setembro de 2020, comparativamente ao mesmo período anterior (até setembro de 2019) segundo o relatório Austral Report, elaborado pela Austral Re. As atividades do setor geraram um prêmio cedido em resseguro de R$ 16,6 bilhões, em um período de 12 meses findos em setembro de 2020. Nesse período, porém, registrou-se um aumento na sinistralidade, que passou de 70% para 93%.

Segundo o diretor Comercial da Austral Re, Paulo Hayakawa, apólices de linhas de negócios como Transportes, Aeronáutico e Patrimonial influenciaram esse resultado. “Mesmo com esses números, observamos que o mercado continua crescendo. O setor de seguros gerais é nosso termômetro e observamos alta de 4,2% no período, chegando a R$ 113 bilhões no total”.

Já volume de resseguro (líquido de comissão) contabilizou R$ 9,47 bilhões, um crescimento de 24,9% em relação ao período anterior. As resseguradoras locais ampliaram sua participação nos negócios, chegando a 80% do prêmio cedido pelas cedentes brasileiras, frente aos 76,9% anteriores. Esse percentual cresce a cada ano, desde 2010 quando era 48%.

As empresas locais também se beneficiaram do volume de resseguro aceito do exterior. Com expressivo crescimento de 39%, marcou R$ 4,5 bilhões frente aos R$ 3,2 bilhões do período anterior. As cedentes offshore são responsáveis por 32,3% do que é negociado pelas resseguradoras locais.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.