No dia 21 de março, às 17h, durante o XIII Congresso Brasileiro de Direito de Seguro e Previdência, o Grupo Nacional de Trabalho de Processo Civil, presidido por Luís Antônio Giampaulo Sarro, realizará uma reunião para debater os Negócios processuais e seguros e a Taxatividade do agravo do instrumento.

A taxatividade do agravo do instrumento, teve, recentemente, uma decisão em dois recursos repetitivos do Superior Tribunal da Justiça em que se definiu uma tese com relação a taxatividade mitigada do agravo do instrumento”, explica Sarro e, por isso, a necessidade de discussão do tema.

O encontro receberá dois processualistas importantes do direito processual civil brasileiro, o professor Luiz Henrique Volpe Camargo, que participou das comissões de apoio aos relatores gerais do projeto do novo CPC tanto no Senado quando na Câmara dos deputados e o professor e Procurador Geral do município de Campo Grande, Alexandre Ávalo Santana.

O Congresso, realizado pela AIDA Brasil, acontecerá nos dias 21 e 22 de março em Campo Grande, MS. Para mais informações sobre o congresso e inscrições, acesse: https://congressoaida.com.br/

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

©2019 Revista Segurador Brasil - Todos os direitos reservados. | by Cloudbe

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?