São Paulo encerra ciclo de eventos do Fórum de Oportunidades

0
209

Finalizando o ciclo do Fórum de Oportunidades – Papo com Presidentes, os corretores de seguros de São Paulo (Região 1) receberam o evento na quinta-feira (30/09). Além do talk show com presidentes das seguradoras, o evento traz uma feira de negócios interativa, com diversas atrações e novidades.

O VP e Regional SP Centro, Braz Fernandes recebeu os diretores Edmar Fornazzari (SP Oeste), José Rossatto (SP Leste), Márcio Silva (SP Sul) e Luis Alberto D’Almenery  (SP Norte) para a abertura do evento. “Agradecer aos corretores que estão participando, dedicando tempo para ouvir as oportunidades do setor”, destacou Braz.

Para Rossatto, o Fórum é de extrema importância para a categoria. “Tenho certeza que vamos ter um excelente evento com muita informação”. Representando Marco Antônio Cabral, Luis destacou o conteúdo: “estamos aqui para aprender e nos desenvolver”. Edmar complementou: “espero que vocês consigam aproveitar o conteúdo debatido entre os presidentes”. Já Márcio ressaltou a organização do Sincor-SP: “O Fórum foi preparado com dedicação e muito conteúdo para o corretor de seguros”.

O 1º vice-presidente do Sincor-SP, Boris Ber, mediou o talk show com presidentes, que recebeu Alexandre Camillo (Sincor-SP), Ivan Gontijo (Bradesco Seguros), Luciano Snel (Icatu Seguros) e Roberto Santos (Porto Seguro).

Sobre o seguro de vida, Luciano revelou que o setor já pagou R$ 4 bilhões em indenizações decorrentes da covid-19. “Nesse período, o brasileiro descobriu que a vida é frágil e começou a se interessar mais pelo seguro. Quebrou-se o tabu de falar sobre morte e isso traz à tona o papel social do seguro, como principal agente de estabilização econômica no País”.

O presidente da Bradesco Seguros concordou e acrescentou: “o seguro passou a ser um produto de desejo para a sociedade. As pessoas passaram a olhar o próximo de uma maneira diferenciada, e isso é o verdadeiro conceito do seguro, o mutualismo”. Gontijo ainda ressaltou o papel do corretor: “É preciso que o corretor se convença da sua importância e relevância para atender melhor o consumidor, através do seu conhecimento técnico e do seu relacionamento com as seguradoras”.

Roberto Santos falou sobre a capacitação do corretor e o papel do digital para atender um novo perfil de consumidor. “A capacitação passa além do conhecimento técnico, tem que entender e saber utilizar as ferramentas disponíveis. Há alguns anos atrás, o digital era visto como uma ameaça para os corretores. E a pandemia comprovou que não. O corretor se adaptou às tecnologias para auxiliar a população”, completou.

Camillo ressaltou o papel do Sincor-SP diante das transformações digitais impostas pela pandemia. “O Sincor-SP também estava preparado para o momento. Produzimos as revoluções e reformas necessárias, como a transformação das Regionais para uma infraestrutura digital, além das constantes orientações e qualificações aos corretores de seguros, por meio das nossas plataformas digitais e dos eventos, como o Fórum, por exemplo”, completou.

Durante o evento, os corretores Eduardo Vidal Pileggi, Octavio Ferrucio Possedente e Fatima Regina de Souza Miguel foram premiados com um voucher da Brooksfield no valor de R$ 2.000, da Americanas no valor de R$ 2.000 e R$ 2.500, oferecidos pela Bradesco, Icatu e Porto Seguro, respectivamente. Já o Sincor-SP premiou Marisa Gomes Damasco Nascimento com um kit home office, composto por cadeira, webcam, fone de ouvido e ring light.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.