Seguro para pets registra aumento de 6% no Rio de Janeiro

0
71

O diretor da Associação Estadual dos Corretores de Seguros do Rio de Janeiro (AECOR-RJ), Jayme Torres (foto), explica que o segmento de seguro saúde para pets ainda é considerado relativamente novo no estado. Ainda assim, registrou um crescimento de 6% no último ano.

“Há cerca de cinco anos, o mercado de seguros do Rio de Janeiro começou a se adequar para atender a essa demanda. Da mesma forma que existe plano de saúde para os humanos, as pessoas agora se preocupam também em garantir a saúde do pet”, explica.

Torres afirma que o primeiro passo para a contratação dessa modalidade de seguro é o mesmo que para os humanos, procurar um corretor.

“O bom corretor de seguros é aquele que tem registro na Susep e, por isso, estará preparado para dar as melhores indicações de planos de acordo com o perfil do bichinho de estimação. A partir de R$ 100 mensais, já é possível garantir a cobertura básica. Dependendo do plano escolhido, o pet terá direito a consultas médicas, cirurgias, atendimento emergencial, vacinas e até desconto no valor dos medicamentos da linha vet. Tudo isso poderá ser informado detalhadamente pelo corretor”, informa.

Outra forma de proteção é a assistência emergencial para os pets, que muitas vezes pode ser contratada junto com o seguro de vida ou residencial.

“Muitas pessoas têm esses seguros, mas desconhecem que oferecem também assistência veterinária emergencial. Um corretor de seguros habilitado poderá indicar todas as opções de acordo com o perfil financeiro da família, de forma a proteger a casa, o humano e também o pet nos imprevistos”.

Tem sido comum no Rio de Janeiro notícias sobre roubos de pets, geralmente, durante assaltos a carros. Sobre essa modalidade de seguro, Torres avalia que nem toda seguradora oferece, devido a baixa demanda.

“Não existe tanta procura por seguros para animais de estimação. Geralmente, quem contrata essa modalidade pretende proteger cavalos de raça ou outros animais de maior valor comercial. Particularmente, acredito que essa procura não seja grande porque, só quem tem amor por um bichinho de estimação sabe que em caso de perda não existe valor algum de seguro que possa reparar a falta que eles fazem”, afirma.

Vantagens do seguro

• Como primeiro passo, o animal receberá um microchip de identificação.

• O dispositivo serve para que todo o histórico de saúde fique registrado, sendo acessado rapidamente por qualquer veterinário credenciado pelo plano de saúde escolhido.

• Além das medicações e tratamentos, também é possível controlar se as vacinas estão em dia

• Alguns planos de seguro residencial e de vida contam até com serviço de entrega de ração e transporte de animais.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.