Setor de turismo tem diversos desafios e mediação pode ajudar

0
183

Para debater o tema “Turismo e Mediação: A Solução Definitiva”, com a participação de especialistas da área, a CâmaraSIN realizou uma live na terça-feira (15/03). A transmissão aconteceu pelo canal da TV Sincor-SP no YouTube. 

Abrindo os trabalhos, o presidente do Sincor-SP, Boris Ber, destacou o momento atual como inédito. “Estamos vivendo um novo cenário em tudo, todos os setores estão passando por transformações, e o de turismo não é diferente”.

O líder do Grupo Arbo, Arnaldo Franken, trouxe alguns dados do turismo, ressaltando que o setor foi um dos que mais sofreu impactos pela pandemia. “Mais de 1 milhão de empregos foram perdidos desde março de 2020, com uma perda de aproximadamente R$ 10 bilhões naquele ano. Viagens, eventos, reuniões, tudo foi cancelado”, relembra.

Para Arnaldo, os primeiros sinais de recuperação vieram no 2º semestre de 2021, devido a três fatores. “Demanda acumulada, vacinação em alta e a flexibilização nos protocolos de viagem. No entanto, a ômicron trouxe uma nova queda para o setor no final do ano passado. Agora estamos esperando essa recuperação que o mundo está passando e estamos otimistas”.

O juiz arbitral, presidente da IT MICE Travel Solutions e da CNA EvTur, e acadêmico da Academia Brasileira de Eventos e Turismo, Ibrahim Georges Tahtouh, comentou sobre a expectativa da retomada de viagens e eventos com a chegada da guerra entre Rússia e Ucrânia. “Essa insegurança atrapalha os planos de todo o setor. O turismo atinge 52 setores da economia e mais de 420 profissões, então, o impacto é violento”.

Ibrahim ainda ressaltou que a retomada está gerando altas expectativas. “Criar um problema jurídico nesta altura não é recomendável. Então, uma Câmara pode ajudar nesses conflitos, já que a resolução é rápida”.

Perguntado sobre a resiliência do setor de turismo, Arnaldo ressaltou que os problemas são muitos. “Algumas companhias aéreas já estão fazendo a devolução dos valores, mas a passos lentos. Por isso, o papel das Câmaras é tão importante, pois facilitam e agilizam todo o processo de negociação entre agências, companhias, hotéis e clientes”.

Ainda participaram do evento o presidente da CâmaraSIN, Adevaldo Calegari, bem como o diretor-tesoureiro, José Carlos Rossatto, os conselheiros fiscais, Carlos Pelas e Walter Reis, e a coordenadora jurídica da Câmara, Vivien Lys.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.