UCS: melhorias apontadas no atendimento da Bradesco a aproximam dos corretores de seguros

0
495

Em mais um tradicional evento Trocando Ideias, o sétimo de 2022, a União dos Corretores de Seguros (UCS) recebeu executivos da Bradesco Seguros. O diretor Executivo, Anderson Mundim, e o superintendente Executivo de Sinistros da companhia, Rodrigo Herzog, participaram de bate-papo sobre as recentes mudanças na companhia para melhorar o atendimento aos corretores e clientes, e os resultados que já são vistos.

O presidente da UCS, Arno Buchli Junior, agradeceu a disposição da Bradesco em abrir informações sobre o funcionamento da área de sinistros e se colocar à disposição para uma conversa franca com o canal de distribuição sobre os problemas com relação a falta de peças de reposição, guinchos. “A seguradora está demonstrando esforços para que o consumidor seja bem atendido, e esse ponto é de total interesse dos corretores, que são os defensores do segurado. Temos que caminhar juntos para termos um corretor bem preparado e uma seguradora com serviços de qualidade, oferecendo ao cliente o melhor”.

Anderson Mundim reforçou que a transparência é premissa em toda a equipe, incluindo as sucursais que apoiam os corretores em todas as localidades. “Encaramos os problemas, quem tiver alguma situação de precificação pode trazer que iremos discutir e chegar a acordo, e todos que estão aqui podem ter, no dia a dia, algum problema, mas juntos vamos tentar alinhar e consertar. O que não dá é pré-julgar e não querer trabalhar com a Bradesco Seguros baseado em eventual caso que aconteceu uma vez anos atrás. Deem a chance de mostrarmos o quanto nossa equipe é eficiente e gosta de trabalhar com corretores de seguros”.

Rodrigo Herzog defendeu que a empresa prega aos colaboradores o desejo de encantar corretores e clientes e o sinistro é o momento decisivo para mostrar sua cultura de servir. “Temos hoje uma área de sinistros especializada. Começamos processo de internalização de regulação de sinistros e a equipe está crescendo, por conta do tamanho do Brasil é fundamental contar com parceiros terceirizados, mas estamos investindo fortemente em equipe própria”, disse.

“Também estamos aprimorando o processo de subscrição e regulação de sinistros para termos mais informações para o pagamento das indenizações. Iniciamos um projeto de contato com o cliente em relação a danos não cobertos, tirando dúvidas e ruídos na comunicação, e estamos revertendo sinistros que tinham pouca informação para pagar, com ajuda dos corretores. Nos orgulhamos muito desse projeto”, disse o diretor de Sinistros. Na foto, Rodrigo Herzog, Arno Buchli Junior e Anderson Mundim.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.