Vistoria remota da Delphos reduz custos e protege as pessoas

0
151

Em tempos de pandemia, a Delphos disponibiliza uma ferramenta que atende à necessidade de proteção da vida das pessoas, sejam os profissionais que fazem as vistorias presenciais, os segurados ou proprietários dos imóveis que precisam ser vistoriados

Trata-se do Sistema de Vistoria Remota Delphos (SvrDelphos) que, em linhas gerais, visa à melhoria e a aceleração dos processos das vistorias de bens imóveis. “A ferramenta permite que os atendimentos e vistorias possam ser realizados de forma remota, eliminando a necessidade de deslocamentos e contatos presenciais. Qualquer empresa, de qualquer segmento, que necessite de uma vistoria do imóvel para finalidades diversas, pode utilizar a ferramenta”, explica a presidente da Delphos, Elisabete Prado (foto).

Ela acrescenta que a utilização dessa ferramenta resulta em melhorias no processo geral. Em primeiro lugar porque, do ponto de vista de custos, uma vistoria remota tem um valor menor para o contratante, dispensando deslocamentos que normalmente são pagos aos profissionais que realizam as vistorias presenciais. 

Além disso, há também o ganho com o valor-hora para o trabalho. “Se considerarmos que entre o tempo de deslocamento somado ao tempo da vistoria, o profissional vai levar, em média, de 3 a 4 horas para cada vistoria – isso sem contar o trabalho de mesa e/ou pesquisas para a finalização – é legítimo afirmar que o laudo custará menos. E, claro, a eficiência nas questões de prazos, com os clientes que poderão contar com um SLA muito mais agressivo”, acentua a executiva.    

A presidente da Delphos assegura ainda que o custo dessa ferramenta é “bastante mais acessível” do que as empresas de qualquer porte já tinham antes do surgimento desse “avanço tecnológico”. 

Ela lembra que, independente de porte, as empresas que precisavam de um laudo ou relatório, seja para analisar um risco ou verificar um sinistro, para fazer uma avaliação para compra ou venda, ou qualquer outra finalidade, antes só tinham a metodologia convencional, com seus custos consequentes. “Agora a opção mais econômica está ao alcance de todos”, observa.    

Elisabete Prado ressalta também que essa economia é mais subjetiva para o segurado, uma vez que a seguradora não “cobra dele” o valor da vistoria para efetuar uma análise para subscrição de um risco ou verificar um sinistro, por exemplo. Mas, certamente as seguradoras passam a gastar menos. “E quanto mais os custos das seguradoras vão diminuindo, mais ela pode maximizar os seus resultados, e, consequentemente, reduzir seus preços. E é aí que os segurados ganham”, comenta a executiva, acentuando ainda que, no caso do segmento bancário, os custos para as avaliações para financiamentos imobiliários ou consórcios, normalmente são cobrados dos proponentes e, nesses casos, “a economia é imediatamente percebida”.            

O SvrDelphos também ajuda o cliente a interagir com o profissional responsável pela vistoria, mesmo se não tiver conhecimento aprofundado sobre o assunto. O processo se inicia com o contato telefônico com o responsável pelo imóvel para agendamento da realização conjunta de todos os procedimentos necessários à efetivação da vistoria. Nesse contato, o profissional presta todos os subsídios técnicos em relação às instruções de uso do sistema, e providencia o envio de um link que viabiliza a conexão através de um smartphone ou equipamento mobile. 

No passo seguinte, o usuário passa a ser detalhadamente orientado sobre como deverá proceder e o que deverá mostrar no decorrer da vistoria, momento em que poderão ser registradas quantas fotos forem necessárias para a perfeita visualização do sinistro, estado do imóvel, ou quaisquer outras características relativas ao atendimento ao que motivou a necessidade da vistoria. “A ferramenta, que conta suporte com vídeo e VoIP integrados, guia a vistoria a ser realizada em conjunto entre o profissional e o responsável pelo imóvel”, explica a presidente da Delphos.

Por fim, ela revela que todo esse processo é feito sem a necessidade de instalação de aplicativo no celular do interessado, bastando acessar o link de Internet que lhe é enviado por SMS ou Whatsapp. A vistoria é totalmente guiada, e, após a finalização, o profissional revisa cuidadosamente toda a filmagem e as fotos, e gera o respectivo laudo da vistoria que será utilizado para a finalidade pretendida. “A ferramenta conta com sistema de geolocalização e, ao final do processo, os links dos vídeos gerados são disponibilizados para consulta dos contratantes”, conclui Elisabete Prado.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.