Bradesco discute seguro residencial no Nordeste no Painel Especial

0
37

Em sua sétima edição, o Painel Especial, recebeu o Diretor da Bradesco Seguros, Leonardo Freitas e a Corretora de Seguros, Ângela de Paula. Durante o bate-papo, os entrevistados falaram sobre comodidade, praticidade e conforto com o seguro residencial no Nordeste.

O programa também contou com a participação do Consultor Econômico, Francisco Galiza, que contribuiu compartilhando dados sobre a receita do ramo nos estados da Bahia, Ceará e Pernambuco, referente aos anos de 2019 e 2020. “O ano passado foi atípico. Para 2021, esperamos um crescimento no segmento, sobretudo na região Nordeste onde o percentual de residências com seguro é baixo”, disse.

Quanto ao potencial do mercado de seguros residencial e a influência do home office no lançamento de produtos, Leonardo Freitas vê um despertar da consciência da sociedade para a relevância do seguro, diante de uma nova concepção de risco. Na visão do executivo, essa nova realidade pode ser facilmente percebida quando se observa o crescimento expressivo da procura de alguns segmentos dentro do mercado segurador.

O fato de as pessoas ficarem em casa em tempo integral, aliado às mudanças nas rotinas dos lares, gerou um maior interesse pelo seguro residencial. Segundo dados da Superintendência de Seguros Privados – Susep, o ramo arrecadou cerca de R$ 3,3 bilhões em 2020, um aumento de 5,9% em relação ao mesmo período do ano anterior. O Brasil tem cerca de 210 milhões de pessoas e 70 milhões de residências e, de acordo com levantamento da Federação Nacional de Seguros Gerais – FenSeg, apenas cerca de 15% das residências do país são seguradas.

“Ou seja, há um grande potencial e certamente espaço para crescimento. Vale reforçar que o Nordeste é uma região com grande potencial de expansão para o mercado de seguros residenciais e o momento é de oportunidades”, enfatizou. Atualmente, em torno de 3.87% da população do Nordeste tem um seguro, o que é um percentual relativamente baixo se comparado a outras regiões, como por exemplo, o Sul e o Sudeste onde 20% da população já possui essa proteção.

Fazendo uma análise mais prática, Ângela de Paula deu dicas para os corretores que estão habituados a vender apenas o seguro de automóvel e precisam aprender a diversificar suas vendas. “Mais do que nunca, hoje o nosso lar, o melhor lugar do mundo, passou a ser também multifuncional. E o papel do corretor de seguros é verificar as necessidades dos seus clientes e apresentar-lhes o melhor produto, com as coberturas mais adequadas. A oportunidade que temos agora é fabulosa”, afirmou.

De acordo com a profissional, captar clientes em um momento em que a grande maioria da população está trabalhando de casa é um pouco mais complicado. Por isso, ela sugere que os parceiros de negócios das seguradoras façam o exercício de oferecer mais produtos aos clientes que só têm apólice de automóvel. Dessa maneira, eles irão cumprir a missão de oferecer proteção aos segurados e ainda experimentar crescimento dos seus negócios. “O seguro residencial é de extrema necessidade e é muito barato se comparado ao seguro de automóvel, por exemplo”, destacou.

Concluindo a conversa, Freitas falou sobres as principais características do Bradesco Residencial Sob Medida, produto segmentado para oferecer a proteção adequada, de acordo com a necessidade de cada cliente. Com ele, o corretor pode ser muito mais assertivo na oferta de proteção de uma casa habitual, de veraneio ou um apartamento. “O nosso produto conta com a cobertura básica mais abrangente dentre as congêneres e há 11 anos ganha o prêmio de melhor de mercado pela Proteste. Além disso, o cliente pode contar com várias coberturas acessórias, como vidros, roubos elétricos, moradia temporária, equipamentos eletrônicos e eletrodomésticos”, enumerou o executivo, acrescentando que a cobertura de responsabilidade civil familiar é outro destaque.

No que diz respeito ao preço, a companhia tem uma premissa de oferecer o seguro por um preço acessível, que caiba no bolso da maioria da população. Como prova disso, o valor da contratação de seguro residencial é em média de R$ 400.

Outro ponto importante é que o Residencial Sob Medida disponibiliza uma série de serviços para residência que possibilitam ao segurado uma espécie de cashback no seguro. São serviços de chaveiro, encanador e eletricista que podem ser solicitados pelos segurados sem a necessidade do pagamento de nenhum valor adicional.

Confira a entrevista na íntegra:

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.