Bradesco Saúde lança simulador de coparticipação, que proporciona mais transparência e controle financeiro

0
310

Disponível para beneficiários de planos do segmento SPG, funcionalidade possibilita estimar os valores de coparticipação para planejar o desembolso

A Bradesco Saúde acaba de lançar um simulador de coparticipação, que proporciona ainda mais transparência e planejamento nos custos para os beneficiários de planos do segmento SPG — Seguro para Grupos de três a 199 pessoas.

A ferramenta possibilita ao beneficiário ter uma estimativa do valor de desembolso de coparticipação com procedimentos médico-hospitalares realizados na rede referenciada da Bradesco Saúde. A coparticipação é projetada com base em uma porcentagem do valor do procedimento, considerando os valores definidos em tabela e respeitando os limites estabelecidos em contrato.

Para acessar, o beneficiário deve entrar na sua área exclusiva do site da Bradesco Saúde, com login e senha pessoal, e clicar em “coparticipação”, no menu lateral. Na consulta dos valores, é importante informar o nome ou o código do procedimento que pretende realizar, seja este uma consulta médica, um exame ou outro procedimento. O segurado receberá três informações importantes: o valor estimado de coparticipação, o valor de referência do procedimento e o percentual de coparticipação exercido em cima do cálculo.

“O simulador é mais uma funcionalidade que agrega importante valor à experiência do beneficiário do segmento SPG no uso do plano. De forma muito prática e ágil, ele passa a ter maior previsibilidade dos seus custos com a coparticipação, o que também o ajuda a se planejar”, comenta Cristiana Vidigal (foto), superintendente executiva da Bradesco Saúde.

Novo modelo de coparticipação

Apresentado ao mercado em janeiro deste ano, o novo modelo de coparticipação para planos da categoria SPG da Bradesco Saúde contribui para tornar os planos ainda mais acessíveis, além de estimular o uso mais consciente e adequado da assistência.

Além de transparência e previsibilidade de custos, as mudanças contribuem para uma economia de até 18% para as empresas-cliente em relação aos planos que não oferecem a modalidade. Para a categoria SPG, o percentual de coparticipação passou a ser de 30%, limitado a um valor fixo por procedimento. Também é possível que uma mesma apólice SPG tenha planos com e sem coparticipação, o que dá ainda mais flexibilidade ao cliente.

No portal da Bradesco Saúde, há informações sobre o novo modelo de coparticipação, o simulador, os serviços de reembolso, entre outras.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.