Brasilseg cresce 16,2% em prêmios em 2021

0
187

A Brasilseg encerrou 2021 com um crescimento de 16,2% em relação ao ano anterior, emitindo R$ 12,06 bilhões em prêmios. O bom resultado foi impulsionado pelos segmentos de seguros rurais e de vida, com crescimento de 35,5% e 17,1% sobre 2020, respectivamente.

Os resultados da Brasilseg, que avançaram também nas carteiras de seguros residenciais e empresariais/massificados, contribuíram para que a controladora BB Seguridade alcançasse o melhor resultado de um trimestre – nesse caso o quarto de 2021 – desde o IPO que deu origem à Companhia, em 2013. O lucro líquido da holding foi de R$ 1,2 bi, volume 33,8% superior ao do mesmo período de 2020.

Essa boa performance reflete o nosso comprometimento em promover uma experiência cada vez mais completa aos nossos clientes. A transformação digital no campo, por exemplo, tornou o nosso seguro um ponto de apoio para a adoção de boas práticas de cultivo, tecnologia, assistência e gestão de risco”, diz o CEO da Brasilseg, Rogerio Idino.

Além da manutenção da liderança de mercado nos ramos em que atua, o desempenho permitiu à empresa manter também a posição de destaque em suas principais linhas de negócios: a Brasilseg segue líder absoluta em seguros para o agronegócio, além de vida e prestamista, com participação de 55,5% e 14,9% respectivamente.

Outros destaques são os crescimentos de 23,4% em prêmios do seguro residencial e de 36,7% do seguro empresarial/massificados (produtos desenvolvidos para proteger o patrimônio de empresas, excluindo-se grandes riscos) em 2021 sobre 2020.

“Com o lançamento do novo seguro residencial em maio de 2021 criamos uma nova experiência para os nossos clientes, que aumentaram a percepção de valor do produto. Para lançá-lo, ouvimos os desejos dos consumidores e construímos coberturas, benefícios e pacotes de assistências com uma série de comodidades que se enquadram na sua rotina, de grande conexão com o lar no ano passado. O mercado entendeu nossa proposta e pudemos colher esse resultado”, avalia o CEO.

De acordo com a Brasilseg, o crescimento do seguro empresarial é atribuído à preocupação dos segurados com a sustentação do seu negócio: “Num momento crítico como foi o ano de 2021, imprevistos podem gerar impactos maiores à vida da empresa e a proteção de um seguro confere mais tranquilidade para a operação do negócio. Novamente os clientes foram sensíveis a esse aspecto”, enfatiza Idino.

A Brasilseg registrou um grande impulso em seus índices de atendimento digital — o acesso aos canais virtuais teve crescimento de 26% em relação a 2020, com destaque para o uso do aplicativo do Banco do Brasil e do atendimento via WhatsApp, que representaram 62% e 36% de participação, respectivamente.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.