‘Broker As a Service’: novo modelo de parceria para corretores PMEs chega ao mercado

0
194

Um novo modelo de parceria para pequenos e médios corretores de seguros acaba de chegar ao mercado. O termo ‘Broker As a Service’ (‘Corretor como Serviço’, na tradução para o português) envolve um ecossistema provedor de tecnologia e camadas de serviços para que os profissionais possam atuar em alta performance.

A terminologia tem como definição ‘a construção de uma parceria focada no empoderamento das corretoras de seguros, de forma que tenham acesso a inúmeros produtos (massificados e corporativos), de diferentes seguradoras, trazendo competitividade comercial e gestão operacional eficiente’.

Esse modelo de negócio envolve o foco em empoderar o corretor para trabalhar em alta performance e na utilização de uma plataforma tecnológica para digitalizar o processo de vendas, com diversas funcionalidades como dashboard, gestão da corretora, CRM de vendas, cotação online, por exemplo.

Além disso, oferece também BPO de Backoffice (Terceirização de Processos de Negócios), e um time de especialistas em seguros PME’s à disposição. O modelo “Broker As a Service” tem como objetivo otimizar a rotina do corretor para que possa dedicar mais tempo à sua área comercial e ao relacionamento com os clientes, melhorando sua performance de vendas.   

A nova categoria está sendo lançada no mercado pela Starken Insurance, insurtech que não se enquadra em nenhuma das categorias existentes no mercado – assessoria de seguros, grupo de corretores, MGA, franquia e Mega Broker.

“Após realizamos uma análise mercadológica, percebemos que o nosso modelo de negócio junto ao corretor era diferente das opções já oferecidas. Desta forma, resolvemos desafiar o ‘status quo’ (o estado das coisas) e resolvemos criar uma outra categoria”, disse o CEO, Bruno Barazzutti.

Segundo o executivo, o termo foi criado a partir de inúmeras conversas com a liderança da Starken, com o Ricardo Nishimura (advisor) e os investidores. “No brainstorm tínhamos umas sete opções de nome para a nova categoria e selecionamos a ‘Broker As a Service’ por estar mais alinhada com o que realmente oferecemos aos corretores”.

No caso específico da Starken, existem ainda duas formas diferentes de atendimento. No ‘Full Service’, como o nome já diz, trata-se de uma solução completa (end-to-end) para seguros corporativos. Já no ‘Self-Service’, o corretor pode escolher entre mais de 40 produtos de seguros e desenvolver a gestão dos processos de forma independente.

“Ambos os formatos permitem escalar negócios e/ou aumentar as vendas, sem que a corretora precise aumentar a sua estrutura, além de acesso às seguradoras, indicação de leads, e a utilização do selo de Broker Partner da Starken, entre outros benefícios”, concluiu Bruno. Os interessados em saber mais devem procurar o time comercial da empresa.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.