CCS-SP realizará jantar para celebrar 50 anos e empossar nova diretoria

0
447

O Clube dos Corretores de Seguros de São Paulo (CCS-SP) celebrará em grande estilo o seu cinquentenário, completado no dia 5 de outubro, em um jantar para associados e convidados, no dia 18 de outubro, na capital paulista.

O evento será especial porque também marcará a troca de comando no CCS-SP. O novo mentor Álvaro Fonseca (foto) receberá do ex-mentor Evaldir Barboza de Paula o timão, símbolo da entidade, para comandar o Clube pelos próximos dois anos.

Na ocasião, além do mentor Álvaro Fonseca, serão empossados o secretário Marco Cabral, o tesoureiro Gilberto Januário e os novos membros da Junta Fiscalizadora – Edmar Fornazzari, Cláudia Sacalina Camargo e Jorge Teixeira Barbosa.

Para o novo mentor, sua eleição por aclamação, em setembro, foi especial, porque coincidiu com a marca de 20 anos de sua associação ao CCS-SP. “Não será fácil manter a pujança de uma entidade cinquentenária, mas trabalharemos para enfrentar os desafios com muita força e dedicação”, diz.

O ex-mentor Evaldir Barboza de Paula acredita que a nova administração está bastante motivada e capacitada. “Preparado o Álvaro está e com uma equipe muito experiente. Tenho certeza que fará uma boa gestão e deixará o Clube no topo, onde sempre esteve e merece ficar eternamente”, diz.

Os 50 anos do Clube dos Corretores de Seguros de São Paulo

“Dia 5 de outubro é uma data mais que especial para o Clube dos Corretores de Seguros de São Paulo. Neste dia, o CCS-SP completou 50 anos de existência. A história da entidade é emblemática, pois a sua fundação teve um motivo muito nobre: dar voz aos corretores de seguros que, na época do regime militar, não podiam se expressar.

Naquele período, muitos sindicatos sofreram intervenção do governo, incluindo o Sincor-SP. Para alguns, a saída foi criar uma agremiação apolítica, que pudesse reunir e defender, na medida do possível, seus associados. Por este motivo, o CCS-SP foi criado, contando com o aval de 25 corretores de seguros.

Para driblar as restrições do regime militar, os fundadores decidiram criar um clube, em vez de uma associação, para ser comandada por um mentor, em vez de um presidente. Outros simbolismos também marcam a fundação, como o “timão” entregue ao mentor, o “abacaxi” ao secretário, a “caixa de moedas” ao tesoureiro e a “lupa” aos membros da Junta Fiscalizadora.

O que poucos sabem é que houve uma tentativa de fundação do CCS-SP anos antes, em 1968. Naquele mesmo ano a Fenacor seria fundada, mas reconhecida apenas em 1975. A ausência de uma entidade nacional da categoria alçou o Clube ao posto de porta-voz dos corretores.

Coube às lideranças congregadas no CCS-SP defender a categoria contra diversas ameaças à profissão. Umas delas ocorreu em 1974, quando um projeto de lei permitiu o exercício da atividade sem corretor até o limite de cinco salários mínimos e a venda direta por seguradoras. O então mentor José Francisco de Miranda foi à Brasília e conseguiu alterar o projeto.

O CCS-SP teve participação ativa na defesa dos corretores e até dos segurados em muitos acontecimentos, como, por exemplo, no período inflacionário, quando contestou a falta de correção monetária nas indenizações. Durante mais uma década também lutou para regularizar a atuação dos bancos na atividade, obtendo vitórias, posteriormente.

Ao longo de cinco décadas, o CCS-SP foi ator e ao mesmo tempo testemunha das transformações na categoria. Nos seus encontros mensais, o Clube trouxe ao debate questões importantes que poderiam mudar os rumos da atividade. Após a consolidação da profissão, o CCS-SP levantou bandeiras, como as do empreendedorismo e da especialização.

O CCS-SP é maior que os limites de sua base territorial, seja porque a produção de seguros é maior em São Paulo, seja porque os desafios da profissão afetam toda a categoria. São 50 anos de uma bela história, construída por muitas mãos, com muito empenho e determinação. Mas, essa história não termina aqui”. Fonte/Texto – CCS-SP/Márcia Alves

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.