Com aprovação da Susep, Thinkseg prepara “combo liga e desliga” nesse semestre

0
218

Com aprovação da simplificação regulatória e flexibilização para estruturação e comercialização de contratos de seguros de danos massificados e para cobertura de grandes riscos, divulgada  pela Superintendência de Seguros Privados (Susep), a Thinkseg vai colocar no mercado “combos liga e desliga”, que vêm sendo idealizados ao longo dos últimos dois anos. “Só faltavam as normas do órgão regulador, com a permissão para esse modelo de comercialização de produtos no Brasil, diz o CEO da Thinkseg, Andre Gregori (foto). “É um divisor de águas sem igual. O assunto, há dois anos, era objeto de conversas com o órgão regulador”, completa.

Para o CEO da Thinkseg, a simplificação regulatória permite criar combos de seguros necessários à vida do consumidor, com melhor preço. Segundo Gregori, desde o início da operação da Thinkseg, sempre houve a proposta de fazer algo para as pessoas, expostas a vários riscos diariamente.

“Na Thinkseg, sempre pensamos em um combo família, incluindo o seguro auto, residencial, celular e vida, por exemplo, com assinatura mensal, semestral ou anual. Esse pacote “liga e desliga” já deverá ser distribuído a partir de abril, por meio de nossos parceiros e também via nosso canal online. Logo em seguida, entraremos em ação com os corretores”, diz Gregori.

A Thinkseg é pioneira no desenvolvimento do seguro auto “liga e desliga” Pay Per Use (PPU), atualmente, comercializado em parceria com a seguradora Generali. A insurtech inovou no mercado brasileiro ao trazer o conceito de modelo de possibilitar ao cliente pagar o seguro do carro conforme o quilômetro rodado pelo motorista. É o “Pague pelo Uso”, em inglês, “Pay Per Use”. Desde 2016, esse modelo começou a se tornar popular nos Estados Unidos e alguns países da Europa, mas inexistente no Brasil e na América Latina.

No Pay Per Use, o motorista paga uma assinatura mensal acrescida de um valor (em centavos) por cada quilômetro rodado. O preço do quilômetro varia de acordo com o algoritmo de precificação da Thinkseg. A telemática (telemetria) permite o acompanhamento, sempre respeitando a privacidade do cliente, de acordo com a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD).

Em 2020, a Thinkseg também foi a primeira insurtech a realizar a venda de um seguro pelo whatsapp no Brasil, e está preparando a expansão de seu modelo “Pay Per Use” na América Latina, aproveitando a presença de sua investida ComparenCasa. Em 3 de fevereiro último, a Thinkseg foi aprovada pela Susep para atuar como seguradora dentro do modelo Sandbox.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.