Copart disponibiliza estrutura de apoio às seguradoras para atender municípios do RS atingidos por tempestades

0
219
Sobe para 50 mil o número de afetados pela chuva no RS

Plano de atendimento da companhia inclui pátio de apoio em Lajeado (RS), time operacional extra e infraestrutura logística dedicada aos peritos que precisam processar carros, após ciclone na região sul do estado

A Copart, referência na organização de leilões extrajudiciais de veículos, deu início a um plano de assistência especial no município de Lajeado (RS), para atender este e os demais municípios do Rio Grande do Sul atingidos por fortes tempestades na última semana. Os esforços visam auxiliar as principais seguradoras do Brasil – parceiras da empresa – no processamento dos automóveis danificados pelas chuvas. As tempestades recentes no estado já causaram prejuízos que ultrapassam R$ 3 bilhões, segundo levantamento feito pela Confederação Nacional de Municípios (CNM).

“Temos um desafio grande pela frente e os prejuízos na região ainda estão sendo contabilizados. Mas avaliamos como fundamental darmos esse apoio ao trabalho das seguradoras, de modo que os peritos possam dar vazão ao alto volume de automóveis danificados e agilizar a resolução dos casos de seus clientes”, afirma Adiel Avelar, presidente da Copart do Brasil. “Essa iniciativa está em linha com a missão da Copart, que é fornecer uma estrutura robusta, padronizada e capaz de processar os carros resgatados pelas seguradoras, com a maior velocidade e eficiência possíveis”, finaliza o executivo.

O pátio de apoio da Copart em Lajeado está situado na BR 386, km 352, e foi estrategicamente posicionado para facilitar o transporte dos veículos até a região metropolitana do Rio Grande do Sul. Além disso, equipes técnicas adicionais estão envolvidas nos trabalhos, juntamente com uma frota logística composta por guinchos, carregadeiras de grande porte e caminhões do tipo cegonheiro. Até o momento, mais de 50 veículos foram resgatados pela companhia, sendo que há uma estimativa inicial de mais de mil veículos danificados pelo ciclone extratropical na região.

Como complemento a toda essa operação, a empresa também implementou uma infraestrutura completa, fornecendo energia elétrica, conectividade de internet via Wi-Fi e salas de escritório dedicadas aos seguradores e reguladores. Toda a estratégia de apoio aos parceiros está alinhada com os procedimentos de Trabalho de Atendimento a Catástrofes (CAT, na sigla em inglês), promovidos globalmente pela Copart em resposta a eventos desse tipo.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.