Europ Assistance reforça a importância do apoio a projetos culturais

0
100

Um dos maiores sucessos da Broadway está no Brasil. O espetáculo Chicago, produção que já recebeu 39 grandes prêmios nos Estados Unidos, incluindo 6 Tony Awards, sendo um deles “Best Musical Revival”, além de outros 18 grandes prêmios internacionais.

Por ser uma atração muito procurada pelos turistas que visitam Nova Iorque (EUA), algumas empresas brasileiras resolveram apoiar a vinda deste espetáculo ao país, é o caso da Europ Assistance Brasil, uma das maiores empresas de serviços de assistências e seguro viagem do país reforça a importância de subsidiar projetos culturais, principalmente na data em celebração ao Dia Mundial da Dança, no dia 29 de abril.

“Há mais de dez anos nós apoiamos diversos projetos nas áreas social, esportiva e cultural. Este ano, além dessas iniciativas, resolvemos incluir também o espetáculo Chicago para promovermos o relacionamento com nossos parceiros, colaboradores e clientes”, explica Paulo Mártires, vice-presidente e diretor financeiro da Europ Assistance Brasil e CEABS Serviços, uma empresa do grupo.

Segundo ele, somente este ano, outras 10 iniciativas serão beneficiadas através de recursos das Leis de Incentivo Fiscal. O valor total dos repasses é de aproximadamente um milhão de reais.

Entre as entidades que a Europ Assistance apoia estão também o Pequeno Príncipe, o maior hospital pediátrico do Brasil; a ONG Voz Amiga, que atende crianças e jovens com deficiências múltiplas, a Casa do Vovô, que acolhe idosos; e o Hospital do Amor e o Hospital do Câncer, que atende gratuitamente pacientes vítimas de câncer.

Na área esportiva a EABR apoia a Associação Social Skate, que atende crianças e adolescentes socioeconomicamente vulneráveis; e a entidade Em Busca de Uma Estrela, voltada para formação de jogadoras de futebol feminino.

Por fim, pela Lei da Cultura, os apoios estarão voltados para o Festival da Consciência Negra, que promoverá a importância da cultura negra para a sociedade brasileira; e o Somamos Festival, que incentiva a participação de artistas independentes e de jovens talentos, além de outras iniciativas para incentivar a participação das pessoas em shows e peças de teatro.

“Todas essas iniciativas estão alinhadas aos pilares de responsabilidade social e sustentabilidade das companhias. Acreditamos no poder de transformar a sociedade em que vivemos e na responsabilidade das empresas em devolver à comunidade uma parcela dos ganhos obtidos. Direcionar parte dos impostos devidos a causas relevantes é uma ação que vai de encontro aos nossos valores, que é o cuidado com as pessoas”, finaliza Mártires.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.