Faturamento do setor segurador volta a bater dois dígitos e cresce 18,2%

0
279

A 12ª edição do Boletim IRB+Mercado, relatório mensal da plataforma IRB+Inteligência, mostra que a alta do faturamento do setor de seguros voltou a bater dois dígitos em agosto: 18,2% em relação ao mesmo mês de 2020, totalizando R$ 12,6 bilhões em prêmios emitidos. Houve crescimento nos seis segmentos analisados, com destaque para Rural, que obteve variação positiva de 59,9%, considerando agosto do ano passado. No acumulado de 2021, o faturamento alcançou R$ 91,93 bilhões, alta de 15,8% em relação ao totalizado nos oito primeiros meses de 2020. 

O índice de sinistralidade, por sua vez, chegou a 53,3% em agosto, aumento de 8,5 pontos percentuais (p.p.) na comparação com o mesmo mês de 2020. E 50,9% no acumulado do ano: 7,8 p.p. a mais em relação ao índice verificado no mesmo período do ano passado. A taxa no segmento de Vida alcançou 50,3% no acumulado dos oito primeiros meses do ano e foi a maior da série histórica – desde 2014 – para esse período. O lucro líquido das seguradoras fechou em R$ 611 milhões no mês, ultrapassando a marca de R$ 5 bilhões no acumulado do ano. O número, no ano, é 60,4% menor que o registrado nos oito primeiros meses de 2020. 

Considerando cada segmento, em agosto, Rural arrecadou R$ 1,2 bilhão. Automóvel somou R$ 3,4 bilhões (+11,9%). Já Vida faturou R$ 4,6 bilhões (+15,9%). O segmento Corporativo de Danos e Responsabilidades totalizou R$ 1,9 bilhão (+15,7%); Individuais contra Danos, R$ 1,1 bilhão (+15,8%); e Crédito e Garantia, R$ 398 milhões (+28,2%). 

O Boletim IRB+Mercado resume as operações de seguros a partir dos dados públicos disponibilizados pela Susep em 11/10, considerando os seguros de danos, responsabilidades e pessoas.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.