Fórum de Oportunidades: Guarulhos, Jundiaí, Mogi das Cruzes, São José dos Campos e Taubaté

0
172

No ciclo do Fórum de Oportunidades – Papo com Presidentes, desta vez (21/9) foi a vez dos corretores de seguros das regiões de Guarulhos, Jundiaí, Mogi das Cruzes, São José dos Campos e Taubaté acompanharem o evento. Além do talk show com presidentes das seguradoras, o Fórum traz uma feira de negócios interativa, com diversas atrações e novidades.

O vice-presidente da região e diretor da Regional Taubaté, Lauro Barreto, recebeu os diretores Claudemir Machi (Guarulhos), Wilton Nogueira (Mogi das Cruzes) e Joilson Soares (São José dos Campos), para realizar a abertura do evento. “É um desafio estar à frente. Por isso, parabenizo os corretores que estão aqui presentes pelo interesse em evoluir”, destacou Lauro.

Para Claudemir Machi, os associados sabem da importância de participar de um evento dessa grandeza. “Os que estão presentes saem na frente e aproveitam as oportunidades do setor”. Wilton Nogueira parabenizou a entidade e o presidente, Alexandre Camillo. “Com este evento, o Sincor-SP mostra que existe para colocar o corretor sempre na vanguarda”, revelou. “Estamos mais unidos, trabalhando e estudando em prol da categoria. Os corretores demonstraram que estão interessados em aprender e se atualizarem”, finalizou Joilson.

Mediando o talk show com presidentes, o 1º vice-presidente do Sincor-SP, Boris Ber, questionou os executivos sobre as mudanças recentes propostas pela Susep e como o corretor de seguros pode tirar proveito da nova fase.

O CEO da Aon Brasil, Marcelo Homburger, acredita que as novas regras trazem movimentos importantes, que estão conectados à competitividade e à tecnologia. “Independente das novas resoluções, fica latente a importância da conexão e inserção da atividade dos corretores e entender, cada vez mais, a necessidade do consumidor. A partir disso, podemos começar a desenvolver soluções que estão mais conectadas com as empresas e as pessoas”, revelou.

Segundo o CEO da HDI Seguros, Murilo Riedel, surgirá um novo ambiente de negócios. “O conjunto de circulares abriu perspectivas novas que devem, de alguma forma, abrir outras amplitudes para atender aos clientes e dar ao corretor uma instrumentalização maior na oferta de produtos mais específicos. Vejo um ambiente interessante no desenvolvimento de ofertas e produtos, que devem ampliar a importância do corretor”.

Edson Franco, CEO da Zurich Seguros, declarou que existem aspectos positivos em todas as mudanças propostas pela autarquia. “Com certeza vai ajudar na criação de novos produtos e, consequentemente, a provar que o corretor é fundamental para o setor”. Sobre o open insurance, Franco revela que é uma resposta, não necessariamente adequada, para promover a concorrência. “O que não está sendo adequado é a pressa com que isso está sendo colocado, pois não permite um diálogo mais profundo com o mercado”, completou.

Sobre o papel do corretor diante das mudanças e do novo cenário, o presidente do Sincor-SP, Alexandre Camillo, afirmou que cabe ao profissional se qualificar para identificar as necessidades dos consumidores. “Vivemos um momento repleto de oportunidades, começando pela visão do consumidor, aliás que a pandemia trouxe, de ter lado a lado a segurança, tranquilidade e proteção de um produto de seguro. E, dentro desse contexto, o corretor pode transitar por todos os setores econômicos, identificando as diversas necessidades de produtos e serviços em seguros”, destacou.

O evento ainda premiou os corretores José Eduardo Pinto e Alexandre Alves Felipe com vouchers no valor de R$ 2.500, oferecidos pela HDI e Zurich. O Sincor-SP premiou o associado José Haroldo Gemelle Leal com um kit home office, composto por cadeira, webcam, fone de ouvido e ring light.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.