Fides: Costa Rica sediará próxima conferência

0
235

A Costa Rica, país associado à Federação Interamericana de Empresas de Seguros (Fides), será a anfitriã da próxima edição da Conferência Hemisférica de Seguros, prevista para novembro de 2025, sob o nome Fides Pura Vida. A passagem do bastão para a capital San Jose sediar o encontro internacional da indústria seguradora das Américas e da Península Ibérica ocorreu durante jantar de encerramento dos três dias de debates da Fides Rio 2023.

“Tendo em mente que a hospitalidade é nossa natureza, assumimos com muita alegria e responsabilidade a organização deste evento em todos irão se sentir muito bem recebidos, como se estivessem em casa”, afirmou o presidente da Asociación de Aseguradoras Privadas (AAP), Fernando Víquez, entidade que representa as empresas de seguros da Costa Rica e está à frente da organização.

A Fides é uma organização sem fins lucrativos que representa 20 países da América Latina, Estados Unidos e Espanha. A Costa Rica é um país da América Central, que possui uma população de cerca de 4,9 milhões de habitantes. Víquez destacou, em conversas realizadas no decorrer do evento brasileiro, que seu país tem políticas ambientais progressistas, sendo um dos que cumpre todos os critérios do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) estabelecidos para medir a sustentabilidade ambiental e ocupa a terceira posição nas Américas em relação ao Índice de Desempenho Ambiental.

Além de fazer o anúncio do país que receberá a 39ª Conferência Hemisférica de Seguros, a cerimônia de encerramento também contou com a premiação de três personalidades essenciais para o mercado segurador. Pilar Gonzáles de Frutos, presidente da União Espanhola das Entidades de Seguros e Resseguros (Unespa); Pedro Zournadjan, fundador do El Asegurador, publicação que acompanha a realização da conferência por mais de quatro décadas; e Francisco Astelarra, secretário-geral da Fides e um dos atores primordiais para o avanço do mercado segurador a América Latina, Estados Unidos e Espanha. A premiação foi entregue por Rodrigo Bedoya, atual presidente da Fides, que também anunciou Jorge Claude, da Asociación de Aseguradores de Chile (AACH), como o novo comandante da Federação.

A Fides Rio 2023, promovida pela Confederação Nacional das Seguradoras (CNseg), reuniu cerca de 2 mil participantes, 78 patrocinadores, inúmeros expositores e promoveu um ambiente propício para o networking. Em um discurso emocionado, Bedoya, se despediu da cidade maravilhosa reconhecendo os esforços dos organizadores, patrocinadores, expositores e palestrantes pelo compromisso e trabalho incansável na realização desta edição do evento. “Não posso deixar de ressaltar a valiosa colaboração e networking que fizemos no Rio nos últimos três dias, pois esses encontros nos permitiram estabelecer vínculos duradouros e nos deram a possibilidade de criar sinergia que nos fortalecerão como setor”, ressaltou.

Por ser a primeira edição após a pandemia da Covid-19, que assolou o mundo entre 2020 e 2021, a Fides Rio 2023 foi um testemunho sobre a importância de atuar pessoalmente entre os atores do mercado. “É evidente que toda a comunidade seguradora estava estranhando e necessitando por compartilhar da maneira que fizemos nesses últimos dias”.

Durante os três últimos dias, os participantes da conferência puderam compartilhar as conquistas, experiências, perspectivas, o que permitirá abordar os desafios do mercado de uma maneira mais efetiva. Para Bedoya, o evento ajudou na reflexão sobre a necessidade de fortalecer a imagem do seguro, mas também reforçou o compromisso do setor com a ética, transparência e a responsabilidade social, sempre priorizando o bem-estar e a segurança de nossos segurados e comunidade.

Foto: Dyogo Oliveira, presidente da CNseg; Francisco Astelarra, secretário-geral da Fides; e Rodrigo Bedoya, atual presidente da Fides

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.