Panorama discute seguro de riscos cibernéticos

0
112

A 133ª edição Panorama do Seguro traz aos internautas um bate-papo com o profissional especializado em riscos cibernéticos, Cláudio Macedo, sobre esse seguro que tem crescido nos últimos anos por conta da informatização das pessoas e empresas.  Apresentado por Paulo Alexandre, o programa conta com os comentários do Consultor Econômico do Sindseg SP, Francisco Galiza.

Na visão do entrevistado, o seguro cibernético tem três pilares. “O principal pilar, o primeiro, é o da Responsabilidade Civil, ou seja, dados de pessoas ou de empresas que estão sob o poder seja das empresas ou até mesmo de pessoas físicas e até por conta da LGPD esse seria o carro-chefe do seguro cibernético e num qualquer eventual vazamento de dados você terá um seguro que irá cobrir as indenizações que você venha a ser condenado, ou acordo extrajudicial com aval da seguradora, despesas com advogados, pagamentos de multa LGPD e por aí vai”, afirmou.

Sobre o segundo pilar, o entrevistado pontuou sobre os dados próprios. “Se você tem um incidente de segurança, seja por um ataque cibernético ou por um vazamento interno de dados, lembrando que dados não é somente digital, LGPD fala em dados com um todo, inclusive dados em papel. Então, o segundo pilar é dano próprio, para você parar um incidente ou as consequências de um incidente de segurança”, explicou.

Já sobre o terceiro pilar, Macedo explica que, dependendo da circunstância, é o principal dentre os três, que é a assistência que a seguradora disponibiliza para o segurado 24 horas por dia e o ano todo. “Ou seja, se você tem um incidente de segurança, você tem profissionais especializados para ajudar a contê-lo”, concluiu.

Confira a entrevista na íntegra:

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.