Saúde integral e olhos no futuro

0
189

Em 7 de abril foi celebrado o Dia Mundial da Saúde. Pensar no desenvolvimento nessa área é também analisar a preocupação da sociedade com a prevenção e a proteção. Disso, no GBOEX, entendemos bem.

A medicina remonta ao tempo de Sócrates e Hipócrates. Acredita-se que o Código de Ética da profissão tenha sido escrito por esse último, o que o leva a ser considerado o pai da medicina ocidental. Atualmente, o código prevê condições no relacionamento do médico com o paciente.

O estudo científico amparou a criação de itens evolutivos e para doenças específicas, o que nos trouxe ao agora. Mas antes disso, a sociedade teve inícios de cuidados da saúde com chás, compressas, imitando os animais em alguns hábitos, com tratamentos com folhas, por exemplo. O que nos levou ao surgimento da homeopatia. Até o incremento de métodos, por muito tempo, traumatismos e doenças infecciosas faziam com que a expectativa de vida das pessoas fosse de 30 anos. A medicina não tinha como tratar esses casos. Antes da Segunda Guerra Mundial, não existiam antibióticos.

A evolução mais expressiva na área se deu nos últimos 50 anos. Como atividade, é possível constatar um aumento de qualidade excepcional, por meio do avanço científico e tecnológico. Na Cardiologia, por exemplo, antes dessas décadas, eram usados apenas dois aparelhos. Atualmente, é possível diagnosticar a capacidade da ejeção do coração e como ela impulsiona sangue para todo o corpo, qualidade das válvulas, entre outras questões. As doenças arteriais são facilmente detectadas.

Aliado aos progressos para ramos específicos, dispomos da tomografia, da cintilografia, os testes de esforço e, muito em breve, teremos aparelhos que, instantaneamente, proporcionarão o diagnóstico por imagem com revelação de doenças e visualização dos órgãos de todo corpo ao mesmo tempo. Tudo está alinhado a uma necessidade e cultura que tentamos instituir para gerar ainda mais qualidade de vida para todos, a da prevenção. Vacinas, dietas equilibradas, controle dos níveis de colesterol, prática de exercícios físicos regularmente e check-up periódico são essenciais para viver bem.

Rememorando nosso início da conversa, volto a destacar a importância da proteção. Aqui no GBOEX, nossos valores estão focados nisso, pois entendemos que saúde integral requer segurança e tranquilidade no presente e no futuro. Nossos princípios são, sobretudo, do zelo pela vida, o que faz de todos mais previdentes.

Ubiratan da Rocha Freitas

Cardiologista e assessor médico do GBOEX

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.