Sompo Seguros é a seguradora do primeiro computador brasileiro que comemora 50 anos

0
581

Equipamento desenvolvido pela Poli-USP em 1972 está em exposição gratuita até o dia 6 de novembro. Iniciativa foi um marco para a formação de profissionais e o desenvolvimento da indústria de tecnologia da informação e comunicação nacional

A Sompo Seguros é a companhia responsável pelo seguro do Patinho Feio, primeiro computador totalmente projetado e construído no Brasil e que está completando 50 de sua inauguração.

O equipamento encontra-se exposto no Sesc Vila Mariana, em São Paulo, até o dia 6 de novembro. “A exposição traz para o público em geral um marco emblemático no desenvolvimento educacional e tecnológico brasileiro. A melhor maneira que encontramos de colaborar com a iniciativa foi nos valermos de nossa expertise e garantir a proteção securitária do Patinho Feio no tempo da exposição”, ressalta Paulo Hayakawa, diretor técnico de Large P&C, Garantia e Resseguros da Sompo Seguros.

A apólice de seguro de Equipamentos contempla a cobertura contra danos materiais que possam ser causados ao computador. O seguro cobre desde a retirada no prédio da Poli-USP, o trajeto de 12 km e a instalação na unidade do Sesc Vila Mariana, na Rua Pelotas. “Disponibilizar o know how de nossa equipe para aferir os riscos e garantir a cobertura de um equipamento de relevância histórica, nos permite contribuir com uma iniciativa de interesse coletivo ao mesmo tempo em que destacamos o papel social do seguro em situações nas quais uma parcela da população ainda desconhece”, considera Adailton Dias, diretor Executivo de Produtos e Resseguros da Sompo Seguros.

O Patinho Feio

O nome Patinho Feio surgiu de uma brincadeira. “Na época, outra escola de engenharia também estava tentando construir um computador e batizou o projeto de Cisne Branco. Como uma resposta bem-humorada, a Poli resolveu então batizar o projeto dela de Patinho Feio”, conta o engenheiro José Roberto Piqueira, diretor da Fundação para o Desenvolvimento Tecnológico da Engenharia (FDTE), entidade que encabeça as comemorações do 50º aniversário do primeiro computador brasileiro.

O projeto do Cisne Branco não se concretizou. Já o Patinho Feio se tornou realidade e passou a dar frutos imediatamente após seu lançamento, em julho de 1972. Ainda naquele ano, a equipe da Poli-USP começou a elaborar o projeto do G10, computador encomendado pela Marinha do Brasil e que foi a base da então nascente indústria de informática brasileira.

O Patinho foi essencial também para incrementar e qualificar a formação de profissionais que vieram a contribuir com o mercado de tecnologia da informação e comunicação (TIC) nacional.

Montado em uma caixa metálica de 101 centímetros de largura, 84 centímetros de altura e 48 centímetros de profundidade, com peso aproximado de 120 quilos, o Patinho Feio é uma máquina digital com 450 pastilhas de circuitos integrados, com cerca de 3 mil blocos lógicos, distribuídos em 45 placas de circuito impresso e 5 mil pinos interligados. A memória principal foi feita com núcleos de ferrite, com capacidade para 4.096 palavras de 8 bits (ou 32 mil bits).

O seu painel de chaves liga-desliga permitia o envio de códigos binários (valores 0 ou 1) para rodar pequenos programas. O sistema de entradas e saídas possibilitava conectar aparelhos periféricos, responsáveis por salvar e iniciar programas. Um exemplo era o teletipo (um tipo de máquina de escrever eletromecânica para transmissão de dados, utilizada no século XX para enviar e receber mensagens ponto a ponto), que imprimia os programas em fitas perfuradas.

Os programas utilizados na época, por conta da pouca memória, eram apenas de demonstração e ofereciam funções como criar listas e copiar textos e fazer operações matemáticas básicas, como de adição e subtração, por exemplo.

Evento: Instalação Patinho Feio

Local: SESC Vila Mariana

Espaço de Tecnologia e Artes – ETA (3o. andar – Torre A)

Datas e horários: De 08/10 a 04/11

                              Sábado e Domingos: das 11h às 17h

                              Terça a Sexta: das 13h30 às 21h, exceto feriados 12/10 e 2/11

Endereço: Rua Pelotas, 141, Vila Mariana, São Paulo

Valor: Grátis

Promoção: Poli-USP, Fundação para o Desenvolvimento Tecnológico da Engenharia (FDTE) e Sesc

Apoio: Sompo Seguros

Mais informações: https://www.sescsp.org.br/programacao/instalacao-patinho-feio

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.