Argo Seguros encerra campanha ‘Maio Amarelo’ com palestra para corretores

0
34
?????????????????

A Argo Seguros aproveitou a realização do Argo Day – encontro online mensal que tem como objetivo ampliar ainda mais a relação com os corretores e assessorias – para promover a importância do ‘Maio Amarelo’. A campanha global visa chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo.

Para tratar especialmente desse assunto, a seguradora norte-americana promoveu uma palestra com participação de Marcos Silva, diretor de Operações e Novos Negócios da W4, consultoria completa em Gestão de Riscos de Logística e Seguros. A iniciativa concluiu as ações de conscientização que a Argo já vinha realizando, desde o começo do mês, em todas as suas redes sociais.

“Aproveitamos o nosso evento mensal, que tem foco no relacionamento e negócios, para tratarmos também desse assunto. A conscientização é o melhor caminho para combatermos a violência no trânsito e essa apresentação fechou com ‘chave de ouro’ nossa campanha”, disse Mariana Miranda (foto), Head Marine e Corporate Sales da Argo Seguros. 

O movimento Maio Amarelo ganhou força em maio de 2011, quando a ONU decretou a ‘Década de Ação para Segurança no Trânsito’. Desde então, empresas e governos de diversos países promovem ações de conscientização para a diminuição dos acidentes e suas vítimas. Para isso foi desenvolvido um logotipo que consiste de um laço – símbolo de engajamento de vários movimentos – na cor amarela, que remete ao sinal de alerta dos semáforos.

Segundo estudo da Organização Mundial da Saúde (OMS) feito em 2019, o Brasil está na quarta posição entre os países com mais mortes em acidentes de trânsito, atrás somente de China, Índia e Nigéria. Por aqui, uma pessoa morre a cada 15 minutos, em média, por causa de acidentes de trânsito. Isso representa cerca de 23,4 mortes por 100 mil habitantes, um índice bastante alto.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.