Demanda por seguros de autos cresce 16,53% em outubro

0
314

Região Nordeste registrou alta de 18,75%, o maior salto de procura por proteção de veículos. Sudeste vem em segundo lugar, variação positiva de 16,54%.

A demanda do mercado brasileiro de seguros de automóveis registrou um salto 16,53% durante outubro na comparação com o mesmo período do ano passado. Já em relação a setembro, a alta foi de 3,68%. Os dados são do Índice Neurotech de Demanda por Seguros (INDS). O indicador mede mensalmente o comportamento e o volume das consultas na plataforma da Neurotech, empresa pioneira em soluções de inteligência artificial aplicadas a seguros e crédito.

A região Nordeste, em relação ao ano passado, foi o grande destaque de alta. O ranking de regiões na comparação dos últimos 12 meses ficou assim: Nordeste (+18,75%), Sudeste (+16,54%), Sul (+16,01%), Centro-Oeste (+14,10%) e Norte (+9,62%). Já na relação outubro com setembro de 2023, temos: Sul (+6,23%), Sudeste (+2,36%), Nordeste (+2,12%),  e Norte (+2,49%) e Centro-Oeste (+2,40%).

Todos os estados acompanhados individualmente obtiveram altas consideráveis em relação ao ano passado: Minas Gerais (+22,33%), São Paulo (+15,15%), Paraná (+14,41%), Rio Grande do Sul (+13,08%) e Rio de Janeiro (+10,45%).

Para Daniel Gusson, head comercial de Seguros da Neurotech, o desempenho do mês de outubro compensou a ociosidade de setembro, que foi marcado por muitos feriados. “O indicador de outubro demonstra que o desempenho ocioso de setembro se deu pelos feriados e não pela falta de interesse do público”, disse.

Ainda de acordo com o INDS, a busca por seguros em relação à faixa etária mostrou que o maior interesse é do público com 60 anos ou mais, chegando a um crescimento de 21,83% em relação ao ano passado. Em compensação, aqueles entre 18 a 25 anos são os que menos procuram, uma retração de 12,35%. Outras faixas registraram crescimentos: de 25 a 39 anos (+12,38%) e 40 a 59 anos (+18,75%)

“O recorte por idade mostra que a segurança por bens está atrelada a idade e a responsabilidade. Pessoas acima dos 25 anos tendem a buscar alternativas para que aquele bem tão sonhado não seja perdido”, destacou Gusson. “Outro ponto é que a faixa abaixo dos 25 anos costuma ter o seguro pago pelos pais, então as outras faixas provavelmente pagam para si e para os filhos”, completou.

Sobre o INDS

O Índice Neurotech de Demanda por Seguros (INDS) abrange o universo das principais seguradoras brasileiras e mensura o apetite do brasileiro a assegurar o seu automóvel. Nem todas as milhões de consultas mensais registradas se transformam em apólices contratadas, pois o processo depende de fatores como o perfil da pessoa que está fazendo a solicitação, o apetite ao risco da seguradora e se há ou não indícios de fraude.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.