Demanda por seguros de autos cresceu 11,34% em 2023

0
260

Segundo levantamento realizado pela Neurotech durante o último mês de dezembro, a procura foi maior nas regiões Norte, Centro-oeste e Sul

A demanda do mercado brasileiro de seguros de automóveis teve um crescimento de 11,34% em 2023, na comparação com o ano anterior. Quando separamos o ano 2023 por semestre, vemos que no primeiro semestre tivemos um crescimento de 12,6% e no segundo semestre crescimento de 10,1% em relação ao anterior. Os dados são do Índice Neurotech de Demanda por Seguros (INDS). O indicador mede mensalmente o comportamento e o volume das consultas na plataforma da Neurotech, empresa pioneira em soluções de inteligência artificial aplicadas a seguros e crédito.

Daniel Gusson, head comercial de Seguros da Neurotech, avalia que o crescimento da procura dentro do setor está relacionado às medidas do Governo que estimulam a compra de carros 0KM. “Esse foi um aspecto atípico de 2023 que ajudou a alavancar a procura por seguros. O aumento das vendas de veículos, sem dúvidas, impactou diretamente este mercado durante todo o ano. Para 2024, a princípio, não vemos a demanda aumentando com a mesma força, mas o cenário pode mudar caso novas medidas sejam implementadas em paralelo à recuperação econômica do País, ex. redução da taxa de juros prevista pelo Banco Central”, afirma.

Segundo a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), o número de emplacamentos em 2023 ficou 12% acima do resultado alcançado em 2022, o que reforça o impacto das vendas na procura por seguros.

Cenários regionais

Na comparação mensal, dezembro de 2023 teve uma pequena retração de 3,52% em relação a novembro. Ainda assim, houve um crescimento 3,79% na comparação com dezembro de 2022. A redução está relacionada aos feriados e a menor quantidade de dias úteis. Além disso, dezembro é um mês forte de venda de carros, o que impacta a demanda por seguros positivamente em janeiro.

Por região, o Norte do Brasil foi o grande destaque de alta em relação ao ano passado. O ranking de comparação dos últimos 12 meses ficou assim: Norte (37,90%); Centro-oeste (37,07%); Sul (15,04%), Nordeste (4,35) e Sudeste (-12,1%).

Ainda na comparação entre dezembro de 2023 e dezembro de 2022, o INDS registrou, novamente, maior procura por seguros entre condutores mais experientes. No recorte por idade, entre aqueles com 60 anos ou mais o crescimento foi de 7,95%. Já entre 40 e 59 anos, a procura aumentou 5,59%. 25 a 39 anos se manteve estagnado. A única queda foi registrada entre os jovens com idades de 18 a 25 anos: -10,26%.

Sobre o INDS

O Índice Neurotech de Demanda por Seguros (INDS) abrange o universo das principais seguradoras brasileiras e mensura o apetite do brasileiro a assegurar o seu automóvel. Nem todas as milhões de consultas mensais registradas se transformam em apólices contratadas, pois o processo depende de fatores como o perfil da pessoa que está fazendo a solicitação, o apetite ao risco da seguradora e se há ou não indícios de fraude.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.