Índice da ANS e Unimeds: as mais bem avaliadas do País

0
130

Sete das 10 operadoras mais bem qualificadas no Índice de Desempenho da Saúde Suplementar (IDSS) 2018 – ano-base 2017 – são Unimeds. Divulgado pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), o indicador classifica o setor em notas de 0,0000 a 1,0000, avaliando a qualidade assistencial das operadoras de todo o País. Estão em destaque no topo do ranking as seguintes cooperativas:

•         1º lugar: Unimed-BH – IDSS 1,0000

•         4º lugar: Unimed VTRP – IDSS 1,0000

•         5º lugar: Unimed Santa Bárbara D’Oeste e Americana – IDSS 1,0000

•         6º lugar: Unimed Pato Branco – IDSS 1,0000

•         7º lugar: Unimed Encosta da Serra – IDSS 1,0000

•         8º lugar: Unimed Cascavel – IDSS 0,9747

•         9º lugar: Unimed Goiânia – IDSS 0,9701

Conforme a ANS, o IDSS é um instrumento que permite a avaliação anual do desempenho das operadoras por meio de um conjunto de indicadores voltados à qualidade de atenção à saúde, garantia de acesso, sustentabilidade no mercado e gestão de processos e regulação. O indicador está dentro do Programa de Qualificação das Operadoras, conduzido pela própria agência reguladora.

Segundo o presidente da Unimed do Brasil, representante institucional do Sistema Unimed, Orestes Pullin, o resultado representa o comprometimento das Unimeds com a constante melhoria da qualidade assistencial e com sua sustentabilidade. “As principais responsáveis por esse sucesso nos indicadores qualitativos são as cooperativas, que têm atuado com iniciativas justas, sérias e totalmente focadas na centralização das atenções no beneficiário e no cooperado. Como apoio, temos uma atuação central na Unimed do Brasil, disponibilizando iniciativas como o Selo Unimed de Governança e Sustentabilidade, que hoje certifica mais de 170 Unimeds, apoiando projetos como o Programa Qualifica Unimed e orientando as Unimeds para que possam evoluir e se destacar ainda mais no mercado”, ressalta Pullin. “São dados que nos deixam felizes, pois mostram que estamos no caminho certo, e que também nos alertam de que a busca pela melhoria deve ser contínua e de que ainda há muito a ser feito”, complementa.

Esse é o primeiro ranking divulgado após a adoção da Troca de Informação de Saúde Suplementar (TISS) pela ANS como o padrão para coleta de dados das operadoras, o que impossibilita comparações com resultados dos anos anteriores, quando eram utilizados outros parâmetros na análise. Mesmo com a alteração, o desempenho geral das Unimeds no relatório anual é considerado como positivo pela Unimed do Brasil. O levantamento mostra que, das 263 cooperativas que atuam como operadoras e que participaram da avaliação, 97% estão nas três faixas mais altas da classificação.

Odonto – O Sistema Unimed apresenta resultado positivo também no segmento odontológico, como mostra o índice obtido pela Unimed Odonto, empresa subsidiária da Seguros Unimed. A companhia obteve nota máxima nos Índices de Sustentabilidade no Mercado e de Qualidade em Atenção de Saúde. Em comparação com as operadoras odontológicas de grande porte (acima de 100 mil beneficiários), a Unimed Odonto figura como a segunda mais bem avaliada do País, com índice 0,7980.

.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.