Hábitos saudáveis: programa de saúde nas empresas da Allcare

0
323

Programa Saudavelmente foi desenvolvido pela equipe de Gestão de Saúde da Allcare e conta com a participação de 160 colaboradores de empresas clientes nas cinco regiões do país

Foto – Serginho do Volei, embaixador da Allcare, posa com colaboradores, em São Paulo

Com o objetivo de promover a qualidade de vida, a partir da introdução de hábitos saudáveis, a equipe de Gestão de Saúde da Allcare desenvolveu o Programa Saudavelmente. Voltado inicialmente para os colaboradores da própria empresa, o programa de saúde corporativa já está sendo utilizado por 160 colaboradores de empresas clientes da Allcare distribuídos em 17 estados, das cinco regiões do país.

Nos últimos dois anos, especialistas de todas as áreas se debruçaram sobre os  impactos da pandemia na saúde dos brasileiros. Seja na saúde física, ou na saúde mental, é certo que, ao ter que abandonar suas rotinas e conviver com o isolamento e os riscos de contaminação, milhares de pessoas ao redor do mundo tiveram sua saúde prejudicada em algum grau. “O abandono das atividades físicas, a mudança de hábitos alimentares, que, para muitos se tornou um mecanismo de compensação, o medo de contrair a doença e o confinamento criaram um cenário negativo para a saúde física e mental”, comenta a Dra. Claudia de Cassia Tanoue Hasegawa (foto abaixo), médica e gerente da equipe de Gestão de Saúde da Allcare.

Uma pesquisa conduzida pelo Instituto FSB Pesquisa, no final de 2021, confirma essas afirmações. O estudo indicou o aumento de 91,8% na percepção negativa sobre a saúde pessoal. Entre as 9 mil pessoas ouvidas, alguns dos fatores mais citados são piora na alimentação, menor prática desportiva e aumento de casos de depressão. “Infelizmente, este é um quadro comum em todo o país. As pessoas acabaram ganhando mais peso por falta dos exercícios físicos, alimentação desequilibrada e ansiedade. Junto, veio também a depressão, o estresse com a dupla ou tripla jornada de trabalho e até mesmo sintomas mais graves, como ataques de pânico”, revela a Dra.  Claudia.

Com a retomada da normalidade, as pessoas começaram a voltar para o ambiente de trabalho e, como era esperado, trazer consigo várias dessas questões de saúde. Foi justamente nesse momento que a Allcare percebeu a necessidade de buscar uma forma de apoiar os colaboradores no enfrentamento do problema. Assim, surgiu o Desafio Saudavelmente, desenvolvido integralmente pela equipe de Gestão de Saúde da empresa. Em duas edições internas já realizadas, 181 colaboradores se inscreveram e 140 concluíram o programa, com resultados perceptíveis na melhoria da saúde. “Tivemos um colaborador que mudou seus hábitos alimentares, passou a praticar atividade física regular e perdeu 10 Kg durante o programa”, conta a nutricionista Camila Paco, consultora de Gestão de Saúde da Allcare.

Com os resultados comprovados internamente, a Allcare tomou a decisão de levar o programa aos clientes corporativos, como forma de contribuir para os esforços de valorização da saúde de seus colaboradores e consequentemente melhoria da produtividade das equipes. Com participação voluntária, a primeira turma externa do Programa Saudavelmente foi implantada em 17 de julho deste ano e já está na 10ª semana. Os participantes contam com uma plataforma web dedicada ao programa e recebem, por e-mail, um link para preenchimento de um questionário de avaliação de qualidade de vida que gera uma pontuação no início do programa, a ser confrontada com a pontuação final, com um novo preenchimento do questionário. Dessa forma, o participante poderá fazer a autogestão e avaliar a sua evolução no período.

Os 160 participantes externos estão distribuídos em 17 estados. Por gênero, são 54 homens, 101 mulheres, duas mulheres transgênero e três pessoas não binárias. Em termos de faixa etária, a maior participação está entre de 40 a 49 anos (47 pessoas), seguido da faixa de  50 a 59 anos (45 pessoas) e da faixa de 60 a 75 anos (32 pessoas). “Estamos confiantes de que o programa terá excelentes resultados nessa primeira fase. A participação de perfis diversos de pessoas em regiões com características distintas, certamente nos trará dados relevantes que poderão incorporar novas funcionalidades ao programa que terá novas edições em breve”, finaliza a Dra. Claudia.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.